Líder do governo apoia sugestão de Randolfe para alíquota máxima de ICMS sobre combustíveis

24/05/2018, 15h05 - ATUALIZADO EM 25/05/2018, 10h22

O líder do Governo, Romero Jucá (MDB-RR), anunciou apoio à proposta que fixa alíquotas para cobrança do ICMS sobre os combustíveis.  Projeto de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) sugere cobrança de até 18% do ICMS para a gasolina e álcool e até 7% para óleo diesel em todos os estados. Dependendo da região do país e do estado, o ICMS cobrado sobre os combustíveis pode chegar a até 35% do valor cobrado nas bombas de gasolina. Imposto cobrado sobre o preço final dos combustíveis, o ICMS, hoje é responsável por 30% do preço final do litro de combustíveis e esse percentual vai para o estados. A senadora Simone Tebet (MDB-MT) disse que também apoia a proposta, mas sugeriu que a Petrobras modifique a sua política de preços. A reportagem é de Paula Groba, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
14h37 Dívidas tributárias: A comissão mista aprovou o relatório para a MP 899/2019, que permite a renegociação de dívidas tributárias com a União e regulamenta a transação tributária. A MP segue para os plenários da Câmara e do Senado.
13h49 Reforma tributária: Comissão da reforma tributária da Congresso será instalada hoje às 15h na presidência do Senado. Davi Alcolumbre confirmou que todas as indicações partidárias já foram feitas.
12h06 Tecnlogia 5G: A Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou o Requerimento 62/2019, para criar uma subcomissão temporária para acompanhar a implantação da tecnologia 5G de telefonia móvel. O colegiado vai ser composto por cinco senadores.
Ver todas ›