CPI do BNDES aprova relatório final com projeto de lei que prevê mais transparência no banco

20/03/2018, 22h25 - ATUALIZADO EM 21/03/2018, 10h13

Por unanimidade, os integrantes da CPI do BNDES aprovaram, nesta terça-feira (20), o relatório do senador Roberto Rocha (PSDB-MA) que não aponta irregularidades nos empréstimos concedidos pelo banco no período de 2007 a 2016. Ele apresentou um projeto de lei que limita os financiamentos no exterior e prevê maior transparência na liberação dos recursos. A proposta também regulamenta o uso dos fundos constitucionais como garantia dos estados nas operações de crédito junto ao BNDES. O senador Lasier Martins (PSD-RS) pediu apoio da CPI para a aprovação de um projeto que abre o sigilo do BNDES em resposta às dificuldades relatadas por ele ao longo dos sete meses de funcionamento da CPI. Mas o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) defende o sigilo para não colocar em risco grandes empresas nacionais. Os detalhes com a repórter Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download