Anvisa restringe exposição de cigarros em pontos de venda

17/01/2018, 19h08

A exposição de cigarros e produtos de tabaco vai ficar mais restrita.  É o que estabelece norma da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovada no último na terça-feira (16). Os cigarros terão que ficar expostos longe de produtos destinados ao público infanto-juvenil como balas, chicletes e chocolates. Diversos projetos do Senado também pretendem restringir o acesso ao fumo. Um deles é o PLS 769/2015 que proíbe propaganda de cigarros, veda o uso de aditivos que confiram sabor e aroma a estes produtos e classifica como infração de trânsito fumar em veículos quando houver passageiros menores de 18 ano. O senador Humberto Costa (PT-PE), que é médico, acredita que a redução do contato com o cigarro beneficia toda a população. O  senador Waldemir Moka (PMDB-MS), também médico, lembra que o tabaco é responsável por diversos tipos de câncer e a maioria dos custos recai sobre o Sistema Único de Saúde. A reportagem é de Ana Beatriz Santos, da Rádio Senado.



Opções: Download