Voto distrital misto em eleições de deputados e vereadores vai à Câmara

22/11/2017, 07h48 - ATUALIZADO EM 22/11/2017, 10h19

O Plenário do Senado aprovou, na terça-feira (21), dois projetos que determinam a adoção do voto distrital misto nas eleições para deputados e vereadores, realizadas atualmente segundo o sistema proporcional. As regras devem valer para as eleições de 2020 e seguem para análise da Câmara dos Deputados. O PLS 345/2017, do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), e o PLS 86/2017, do senador José Serra (PSDB-SP), por terem o mesmo objetivo, tramitaram em conjunto. Alguns parlamentares, como Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apesar de favoráveis à proposta, disseram que a mudança na legislação deveria ocorrer por emenda constitucional. A reportagem é de Paula Groba da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
10h39 Agências reguladoras: Aprovado na Comissão de Assuntos Sociais projeto (PLS 13/2013) que determina que as agências reguladoras apresentem relatórios de atividades ao Congresso. Medida vai à Comissão de Educação
10h14 Pragas urbanas: Comissão de Assuntos Sociais aprova projeto (PLC 65/2016) que regula serviços de controle integrado de vetores e pragas urbanas por empresas especializadas. Proposta segue ao Plenário.
10h03 Doenças raras: Comissão de Assuntos Sociais aprova relatório final da Subcomissão Especial sobre Doenças Raras.
Ver todas ›