Adiada votação da MP que trata da devolução de valores indevidos pagos a falecidos

31/10/2017, 19h27 - ATUALIZADO EM 31/10/2017, 19h44

A votação da medida provisória (MPV 788/2017), que trata da devolução de valores indevidos pagos a aposentados e pensionistas falecidos, foi adiada para 7 de novembro. No relatório, o senador Humberto Costa (PT-PE) sugeriu que o falecimento seja comprovado apenas com atestado de óbito. A presidente da comissão mista, deputada Norma Ayub (DEM-ES), concedeu vista coletiva após pedido de dois parlamentares. A reportagem é de Carlos Penna Brescianini, da Rádio Senado.



Opções: Download