Eduardo Amorim defende campanhas educativas para combater obesidade

11/10/2016, 08h51 - ATUALIZADO EM 11/10/2016, 15h27

Autor de um projeto que proíbe a venda de alimentos junto com brindes (PLS 144/2012), o senador Eduardo Amorim (PSC-SE), que é médico, defende mais campanhas nos meios de comunicação para educar uma população cada vez mais refém da obesidade. A preocupação com o problema, que assumiu características de epidemia global, levou à criação do Dia Mundial de Combate à Obesidade, celebrado nesta terça-feira (11). Eduardo Amorim afirma que a prioridade deve ser a conscientização dos jovens, que precisam ser orientados a se alimentarem melhor e a praticarem esportes, combatendo o sedentarismo. Ouça a reportagem de Carlos Penna Brescianini, da Rádio Senado.



Opções: Download