Oposição não deve dificultar a votação de cinco MPs que trancam a pauta

14/09/2016, 15h07 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 15h08

A oposição não deverá dificultar a votação das cinco medidas provisórias que trancam a pauta do Plenário. Estão entre elas a que repassa recursos para a Justiça Eleitoral (MP 728/2016) e a que recria o Ministério da Cultura (MP  730/2016). Ao admitir que a oposição será favorável à recriação do órgão, a senadora Regina Sousa (PT–PI) disse que a decisão do presidente Michel Temer de recuar em relação à extinção do Ministério da Cultura derruba o discurso de redução de gastos feito pelo novo governo. Mais detalhes com a repórter Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
11h56 CPI da Pandemia: O ministro Marcelo Queiroga informou que o governo tem um contrato na iminência de ser assinado para aquisição de 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer, sendo que 35 milhões devem chegar em setembro.
11h50 CPI da Pandemia: Marcelo Queiroga reconheceu que o Brasil precisa de “mais doses e ativismo maior do governo” junto aos países produtores para acelerar o ritmo de vacinação. “Há uma dificuldade de vacinas a nível mundial. Temos dialogado”.
11h47 CPI da Pandemia: Ao relator, Queiroga avaliou que críticas de Bolsonaro sobre vacinas não tiveram impacto na campanha, já que 85% da população quer ser vacinada. O ministro disse que o Brasil é o 5º país que mais vacina.
Ver todas ›