Presidente da Comissão do Impeachment dará prazo de uma hora para voto em separado

02/08/2016, 11h20 - ATUALIZADO EM 14/09/2016, 08h58

O presidente da Comissão Especial do Impeachment, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), afirmou que dará prazo de uma hora para a defesa de Dilma Rousseff apresentar voto em separado nesta terça-feira (2), após a leitura do relatório final do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Em entrevista à jornalista Hérica Christian, Raimundo Lira falou sobre a reunião da comissão, marcada para às 12h desta terça-feira. Confira o áudio da Rádio Senado.



Opções: Download