Direção de agência reguladora deve ficar com servidor efetivo, defende Gladson Cameli

05/08/2016, 10h36 - ATUALIZADO EM 13/09/2016, 22h24

O senador Gladson Cameli (PP–AC) é autor de projeto de lei (PLS 540/2015) que reserva os cargos de direção das agências reguladoras exclusivamente para servidores públicos efetivos desses órgãos. Segundo o senador, a forma atual de composição das direções das agências privilegia o atendimento ao setor privado em detrimento da população, que acaba recebendo serviços de baixa qualidade por preços abusivos. Ele argumenta que as indicações do Executivo para a direção das agências enfraquece o papel de regulação e também o corpo técnico dessas instituições. O senador  conversou sobre o projeto com o jornalista Ivan Godoy, da Rádio Senado.



Opções: Download