Plenário aprova projeto que aumenta pena para furto de gado

14/07/2016, 08h48 - ATUALIZADO EM 13/09/2016, 22h31

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (13) o projeto que aumenta a pena de prisão para quem furtar animais destinados ao abate, como bovinos, porcos e ovelhas, entre outros (PLC 128/2015). A punição de dois a cinco anos de prisão valerá para o desvio dos animais vivos, abatidos ou divididos em partes. Hoje, a pena é de um a quatro anos. Também será condenado à mesma sentença quem comercializar ou armazenar essa carne ou outros alimentos sem origem comprovada, como informa a repórter da Rádio Senado Hérica Christian.



Opções: Download


MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Alimentos Animais