Senado cria grupo de prevenção e combate à violência no trabalho

10/02/2015, 08h40

O Senado criou um grupo para elaborar uma política de prevenção e combate à violência no trabalho. Formado por 10 servidores da Casa de diversos setores, o grupo tem prazo de 90 dias para apresentar uma proposta de conscientização e de combate a práticas como assédio moral, sexual e até violência física no ambiente de trabalho. Em entrevista ao jornalista Adriano Faria, no programa Conexão Senado, da Rádio Senado, o diretor da Secretaria de Gestão de Pessoas, Rodrigo Brum, lembrou que a violência no trabalho pode causar uma série de transtornos psíquicos para o indivíduo e ainda degradar o clima organizacional, mas, infelizmente, segundo ele, as pessoas muitas vezes nem percebem que estão praticando ou sofrendo o abuso. Acompanhe a entrevista.



Opções: Download


MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Conexão Senado Institucional