PEC que beneficiaria ocupantes de linha sucessória 'não existe mais', diz Eunício

Da Redação | 16/02/2017, 11h23 - ATUALIZADO EM 17/02/2017, 16h02

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, informou nesta quinta-feira (16) que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 3/2017, apresentada por Romero Jucá (PMDB-RR), foi retirada de tramitação a seu pedido. A proposta destinava-se a impedir que ocupantes da linha sucessória da Presidência da República viessem a ser responsabilizados por atos estranhos ao exercício de suas funções durante o mandato.

— Como esse projeto podia ser interpretado como interesse pessoal ou causa própria do presidente, eu pedi ao senador Romero, fiz um apelo a ele ontem, e ele retirou o projeto. Então o projeto não existe mais — explicou.

Leviatã

Eunício também comentou a operação Leviatã, da Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira.  Entre os investigados estão o filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), Márcio Lobão, e o ex-senador Luiz Otavio Campos.

— É sinal de que as instituições estão em funcionamento — disse o presidente do Senado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
11h07 Dyogo Oliveira: Comissão de Assuntos Sociais aprova audiência pública, em data a ser definida, com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. Na pauta, a mudança das metas fiscais e medidas relacionadas aos servidores e aos serviços públicos.
11h02 SUS: CAS aprova o PLC 42/2017, que prevê distribuição gratuita, para pacientes de doenças neuromusculares com paralisia motora, dos medicamentos e equipamentos essenciais para a sobrevivência.
10h49 Uber: CAS aprova realização de audiência pública para discutir os projetos que regulamentam o transporte individual privado de passageiros (PLS 726/2015 e 530/2015 e PLC 28/2017, apensados). Data da reunião ainda será definida.
Ver todas ›