Servidores do Senado participam do dia De Bike ao Trabalho

João Carlos Teixeira | 08/05/2015, 11h34 - ATUALIZADO EM 08/05/2015, 14h51

Pelo terceiro ano consecutivo, servidores chegaram nesta sexta-feira (8) ao Senado Federal pedalando para marcar o dia “De Bike ao Trabalho”. O evento é realizado em todo o mundo para promover o uso rotineiro da bicicleta, incentivando empresas e órgãos do governo a estimular funcionários e cidadãos a aderirem a esse meio de transporte. No Brasil, ocorre toda segunda sexta-feira de maio.

Os servidores do Senado se encontraram às 8h na praça do Museu da República e seguiram de lá até o Congresso. Em seguida, reuniram-se no Espaço do Servidor para um café da manhã e para discutir propostas que serão encaminhadas à administração da Casa. Entre elas, estão sugestões de trajetos para ligação das ciclovias que hoje servem a Esplanada dos Ministérios e as vias L2 Sul e Norte até as adjacências do Senado (veja mapa).

— O problema é que, quando chegam à Zona Central da cidade, as ciclovias do DF sofrem um apagão. Faltam ligações entre as áreas residenciais e os locais onde as pessoas trabalham. Caso não haja uma forma de as bicicletas passarem pelo centro, onde há colapso de espaço, com competição feroz entre carros, ônibus, pedestres, caminhões etc., o uso da bike continuará a ser algo heroico — afirma Fábio Liberal, diretor da Secretaria de Informação Legislativa.

Sob a coordenação de Deomar Rosado, integrante da Comissão Senado Verde e responsável pelas ações do Senado na área de mobilidade, os participantes do bicicletaço também conheceram o projeto do Espaço do Ciclista da Casa (veja imagem), previsto em projeto de resolução (PRS 19/2014), que recebeu parecer favorável da Mesa Diretora no ano passado. O projeto está pronto para ser votado em Plenário.

— A ideia é passar uma mensagem clara de apoio ao uso da bicicleta e de formas alternativas de transporte —afirmou Rosado, que anunciou que, em breve, haverá estímulos à carona solidária por servidores do Senado, em que carros que tragam no mínimo três servidores terão direito a vagas especiais.

Desde que os servidores começaram a se mobilizar para reivindicar melhor estrutura para os ciclistas, a administração do Senado respondeu com diversas iniciativas, como o ato publicado em 2 de julho de 2014 que autorizou a instalação de paraciclos nos edifícios do Prodasen e no do Interlegis, no estacionamento da L4 Norte e no acesso ao edifício principal (Chapelaria) e o uso de vestiários, com permissão para o acesso a locais de trabalho com trajes esportivos.

O Bike to Work Day começou nos Estados Unidos em 1956 e chegou ao Brasil em 2013. Mais informações sobre a iniciativa podem ser encontradas em www.debikeaotrabalho.org.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
13h02 Impeachment: : Uma questão de ordem de Vanessa Grazziotin sobre o comportamento da advogada Janaína Paschoal gerou discussão na Comissão Especial. O presidente Raimundo Lira suspendeu temporariamente os trabalhos.
12h43 Impeachment: : A Comissão Especial começa agora a ouvir a segunda testemunha do dia: Marcel Mascarenhas dos Santos, procurador do Banco Central.
11h32 Impeachment: : A Comissão Especial abriu reunião para ouvir quatro testemunhas. O primeiro a falar é o diretor do Departamento de Financiamento e Proteção da Produção do Ministério do Desenvolvimento Agrário, João Luiz Guadagnin.
Ver todas ›