CPI ouve representantes de bancos sobre dívida com a Previdência

19/06/2017, 20h11 - ATUALIZADO EM 19/06/2017, 20h24

A CPI da Previdência do Senado ouviu, nesta segunda-feira (19), representantes dos bancos Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Eles foram questionados sobre a dívida bilionária que essas instituições financeiras têm com a Previdência Social. Segundo os representantes dos bancos, a dívida é gerada por uma discussão jurídica entre o que é pagamento aos bancários de verbas indenizatórias ou remuneratórias. Sobre as verbas indenizatórias não incide a contribuição à Previdência Social. O representante da Caixa Econômica, Marcos Brasiliano, explicou que esses casos representam 60% dos valores em discussão. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download


MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Bancos CPI da Previdência Previdência