Senado analisa aplicação de horários alternativos para concursos e vestibulares

12/01/2016, 18h16 - ATUALIZADO EM 18/01/2016, 17h50

Um projeto de autoria do senador Magno Malta (PR-ES) estabelece que, se os candidatos não puderem fazer as provas nas datas e horários estabelecidos, em razão da religião, a instituição responsável pela seleção terá que oferecer outra data e horário. Outra proposta, do senador Blairo Maggi (PR-MT), inclui garantias de horários diferenciados nas provas de concurso público, vestibular ou exames para ingresso na pós-graduação. Os projetos estão sob análise da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Mais detalhes você ouve com a repórter da Rádio Senado Paula Groba.



Opções: Download