Estatuto do Torcedor

Torcedores que ameaçarem jogadores poderão ser barrados nos estádios

01:18Torcedores que ameaçarem jogadores poderão ser barrados nos estádios

Transcrição LOC: TORCEDORES QUE INVADIREM CENTROS DE TREINAMENTOS OU PROMOVERAM AGRESSÕES EM AEROPORTOS PODEM SER IMPEDIDOS DE ENTRAR NOS ESTÁDIOS E SEREM PRESOS POR ATÉ CINCO ANOS. LOC: PROJETO COM ESSE OBJETIVO FOI APROVADO PELA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA. A REPORTAGEM É DE RODRIGO RESENDE: TÉC: Integrantes de torcidas organizadas que invadirem treinos ou praticarem qualquer agressão contra profissionais ligados ao esporte podem ser punidos com até 5 anos de prisão e com a proibição de frequentarem os estádios. Projeto com esse objetivo foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça. A relatora, senadora Leila Barros, do PSB do Distrito Federal, defendeu a punição para quem perde a esportiva: (Leila - 20”): Só para citar uma experiência pessoal, é muito comum que atletas, dirigentes, sejam alvos de torcidas organizadas saindo de aeroportos, acabou o jogo, está retornando à capital, perde o jogo, a torcida vai lá, agride, a torcida também invade centros de treinamentos. (REP) O senador Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, espera que com a proximidade das grandes finais, como a libertadores e o campeonato brasileiro, é preciso garantir que não exista excessos nos estádios: (Lasier): Que o Senado Federal, o Congresso Nacional está atento à disciplina, à ordem nos estádios de futebol, O momento é este para despertar, disciplinar, para que tenhamos finais de campeonatos em ordem, sem grandes prejuízos pessoais. (REP) O projeto será analisado agora pelo Plenário do Senado. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende. PROJETO: PLC 12/2017

Torcedores que participem de invasões a centros de treinamentos e de episódios de ameaças à jogadores e dirigentes em aeroportos poderão ser impedidos de frequentar estádios. Projeto com esse objetivo foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (PLC 12/2017). A senadora Leila Barros (PSB-DF) afirmou que a ideia é impedir ações violentas de torcedores mesmo fora do ambiente esportivo. A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Aeroportos  Congresso Nacional  Constituição  Distrito Federal  Esporte  Futebol  Justiça  Plenário do Senado  Podemos  PSB  Rio Grande do Sul  Senado Federal  Senador Lasier Martins  Senadora Leila Barros  estádio  Violência 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo