Comissões

CDH aprova campanhas na TV para divulgação de menores desaparecidos

01:25CDH aprova campanhas na TV para divulgação de menores desaparecidos

Transcrição LOC: PODE SEGUIR PARA A CÂMARA O PROJETO QUE PREVÊ CAMPANHAS NA TELEVISÃO PARA DIVULGAR INFORMAÇÕES SOBRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES DESAPARECIDOS. LOC: O TEXTO FOI APROVADO NA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS . REPÓRTER MARCELA DINIZ. TÉC: A ideia é veicular entre 18 e 22 horas, portanto, no chamado “horário nobre” da televisão, campanhas de utilidade pública com fotos e dados sobre crianças e adolescentes desaparecidos. O projeto, aprovado pela Comissão de Direitos Humanos, foi apresentado em 2016 pelo então senador Cristovam Buarque, do Distrito Federal. O senador Telmário Mota, do Pros de Roraima, defendeu a maior visibilidade dos casos de desaparecimento e destacou o caráter humanitário da proposta: (Telmário) A importância desse projeto do senador Cristovam onde nós vamos ter oportunidade de divulgar, nacionalmente, aquelas pessoas que estão desaparecidas. A gente vê que hoje, inclusive com as redes sociais, as pessoas recorrem muito a esse apoio. Ontem mesmo, eu acabei de receber uma manifestação de uma senhora que está com câncer, não vê a filha há dez anos, imagina se tivesse a oportunidade de divulgá-lo, então, eu peço o apoio das pessoas porque é um ato, no mínimo humanitário. (Rep) O relatório do senador Telmário Mota incorporou sugestão do senador Styvenson Valentim, do Podemos do Rio Grande do Norte, para acrescentar no texto do projeto a obrigação de pais e responsáveis registrarem o desaparecimento de menores de idade no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos, do Ministério da Justiça. O projeto já pode seguir direto para análise da Câmara dos Deputados, a menos que haja pedido de senador para nova votação, no plenário. Da Rádio Senado, Marcela Diniz. PLS 44/2016

Foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos do Senado o PLS 44/2016, que prevê campanhas para divulgar imagens de crianças e adolescentes em horário nobre, na televisão. O projeto recebeu parecer favorável do relator, Telmário Mota (Pros-RR). A reportagem é de Marcela Diniz.

TÓPICOS:
Adolescentes  Câmara dos Deputados  Câncer  CDH  Comissões  Direitos Humanos  Distrito Federal  Justiça  Menores  Ministério da Justiça  Podemos  PROS  Redes Sociais  Rio Grande do Norte  Roraima  Senador Cristovam Buarque  Senador Styvenson Valentim  Senador Telmário Mota 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo