Comissão de Relações Exteriores aprova indicações para embaixadas e sete acordos internacionais no último esforço concentrado do ano — Rádio Senado
Relações Exteriores

Comissão de Relações Exteriores aprova indicações para embaixadas e sete acordos internacionais no último esforço concentrado do ano

A Comissão de Relações Exteriores (CRE) aprovou a indicação de 14 diplomatas para os cargos de Embaixadores do Brasil no exterior no último esforço concentrado do colegiado de 2020. Foram aprovados ainda sete acordos internacionais. Reportagem de Rodrigo Resende.

14/12/2020, 18h53 - ATUALIZADO EM 14/12/2020, 18h53
Duração de áudio: 01:42
Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) se reúne em sistema semipresencial para sabatinar diplomatas indicados para chefiar embaixadas brasileiras em 13 países e em Genebra, na Suíça, sede de diversos organismos internacionais. 

Em pronunciamento via videoconferência, indicado para o cargo de embaixador do Brasil na Austrália, Ilhas Salomão, Papua Nova Guiné, Vanuatu, Fiji e Nauru, Maurício Lyrio.


Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Foto: Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Transcrição
LOC: NO ÚLTIMO ESFORÇO CONCENTRADO DE 2020 A COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES APROVOU 14 INDICAÇÕES PARA EMBAIXADAS E ÓRGÃOS INTERNACIONAIS. LOC: TAMBÉM FORAM CONFIRMADOS SETE ACORDOS INTERNACIONAIS. REPÓRTER RODRIGO RESENDE TÉC: Os senadores da Comissão de Relações Exteriores aprovaram 14 indicações para embaixadas, sete acordos internacionais e dois requerimentos no último esforço concentrado de 2020. Países como Tunísia, Eslovênia, Laos, Noru ega e Santa Lúcia devem ter novo comando nas embaixadas brasileiras. A relatora da indicação de Maurício Carvalho Lyrio para a embaixada brasileira na Austrália, Senadora Soraya Thronicke, do PSL de Mato Grosso do Sul, destacou as relações comerciais australianas com o Brasil. (Soraya) Ambos são gigantes na produção e exportação de minérios, particularmente minério de ferro, e a cooperação já existente pode ser ampliada. O setor agrícola tem grande potencial também, especialmente no que respeita à agricultura de precisão. (Rep) Um dos sete acordos aprovados neste esforço concentrado é a Convenção entre o Brasil e a Suíça para eliminar a Dupla Tributação em relação aos Tributos sobre a Renda e Prevenir a Evasão fiscal. O relator da proposta, senador Major Olímpio, do PSL de São Paulo, saudou a aprovação do texto: (Olimpio), problemas de dupla tributação e de evasão fiscal, que passam a ser matéria de um novo ramo do direito, o internacional tributário, uma vez que as regras tradicionais do direito não alcançam resolvê-los. O presente tratado insere-se nessa nova normativa tributária internacional. (Rep) Um dos requerimentos aprovados, de autoria da senadora Kátia Abreu, do PP do Tocantins, solicita dados econômicos das embaixadas brasileiras em todo o mundo ao Ministério de Relações Exteriores. As indicações e os acordos aprovados pela Comissão de Relações Exteriores vão ser analisados pelo plenário do Senado. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende

Ao vivo
00:0000:00