CAE aprova criação da Frente Parlamentar de Apoio às Startups — Rádio Senado
Assuntos Econômicos

CAE aprova criação da Frente Parlamentar de Apoio às Startups

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou a criação da Frente de Apoio às Startups no Senado (PRS 8/2018). O autor da proposta, José Agripino (DEM-RN), diz que essas empresas sofrem com a burocracia, impostos e falta de infraestrutura. Mas os senadores podem ajudar as startups por meio da frente parlamentar. O relator na CAE, Armando Monteiro (PTB-PE), defendeu a iniciativa, que seguiu para a análise da Comissão Diretora. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais detalhes.

14/08/2018, 11h20 - ATUALIZADO EM 14/08/2018, 11h38
Duração de áudio: 01:28
BeeBright/istockphoto

Transcrição
LOC: A COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS APROVOU A CRIAÇÃO DA FRENTE DE APOIO ÀS STARTUPS NO SENADO. LOC: A IDEIA SEGUIU PARA A ANÁLISE DA COMISSÃO DIRETORA. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. (Repórter) Startup é o nome dado a empresas que criam modelos inovadores de negócios, capazes de serem repetidos e adaptados em larga escala. Google, Facebook, Uber, Airbnb e Easy Taxi são alguns exemplos. E para o senador José Agripino, do Democratas do Rio Grande do Norte, essas empresas, apesar de serem importantes para o futuro de qualquer país, enfrentam grandes dificuldades devido ao excesso de burocracia, aos custos tributários elevados e aos inúmeros gargalos na infraestrutura. Por isso ele sugeriu a criação da Frente Parlamentar de Apoio às Startups, para dar destaque ao tema no Senado Federal. Armando Monteiro, ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria e senador pelo PTB de Pernambuco, defendeu a iniciativa na Comissão de Assuntos Econômicos. (Armando Monteiro) Apesar do recente avanço normativo e de iniciativas do governo federal, como o programa Start-Up Brasil, lembramos que é impossível estimular o surgimento desse tipo de empreendimento sem fortalecer a ciência e a tecnologia nacional. Dessa forma, acreditamos que uma das principais tarefas da referida Frente será a defesa de um orçamento mais robusto e contínuo para o desenvolvimento das atividades científicas e tecnológicas. (Repórter) A proposta aguarda agora decisão da Comissão Diretora do Senado. PRS 8/2018

Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00