Comissão volta a se reunir para tentar votar a LDO nesta terça-feira — Rádio Senado

Comissão volta a se reunir para tentar votar a LDO nesta terça-feira

LOC: COMISSÃO DE ORÇAMENTO VOLTA A SE REUNIR NESTA TERÇA-FEIRA, A PARTIR DAS DUAS E MEIA DA TARDE, EM NOVA TENTATIVA PARA VOTAR RELATÓRIO DA LDO 

LOC: INTEGRANTE DO COLEGIADO, SENADOR MOZARILDO CAVALCANTI, DO PTB DE RORAIMA, ACREDITA QUE ANÁLISE DA PROPOSTA DEVE FICAR MESMO PARA DEPOIS DAS ELEIÇÕES DE OUTUBRO. REPÓRTER CARLOS PENNA BRESCIANINI  

(Repórter) A Comissão Mista de Orçamento tem duas reuniões marcadas para esta terça-feira. No entanto, o vice-líder do PTB, senador Mozarildo Cavalcanti, que integra o colegiado, acredita que a análise do relatório da Lei de Diretrizes Orçamentárias deve ficar mesmo para depois das eleições de outubro. O senador por Roraima aposta que o orçamento também só começa a ser examinado pelo Congresso após a definição das urnas. 

(Mozarildo Cavalcanti) Eu acho que só após as eleições. Nós podemos fazer as duas coisas após as eleições. Tanto votar a LDO, quanto votar o Orçamento, nós temos de fazer tipo esforço concentrado mesmo em prioridade, em outubro e dezembro. 

(Repórter) O presidente da Comissão Mista do Orçamento, deputado Devanir Ribeiro, do PT de São Paulo, está otimista. Para ele, podem ocorrer votações importantes no Congresso e na Comissão Mista de Orçamento neste esforço concentrado. Devanir chega a traçar um cronograma de votações para o projeto da LDO.  

(Devanir Ribeiro) Se conseguirmos aprovar no dia 2 de setembro, aí abre-se o prazo e nós voltamos em outubro. É em outubro que nós vamos iniciar, votar de fato em segunda votação a LDO e abrir pra LOA. 

(Repórter) Caso a LDO e a Lei do Orçamento não sejam votadas neste esforço concentrado de setembro, podem ser analisadas até 22 de dezembro, sem prejuízos. Além do relatório final do projeto que apresenta as diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária de 2015, ainda aguardam votação na comissão diversos projetos que abrem créditos extras para setores do governo. Entre eles, o que destina 333 milhões de reais para a Secretaria de Portos. 
01/09/2014, 07h18 - ATUALIZADO EM 01/09/2014, 07h18
Duração de áudio: 01:51
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00