Senador quer destinar recursos do Pré-Sal para tecnologia e educação — Rádio Senado

Senador quer destinar recursos do Pré-Sal para tecnologia e educação

LOC: FORTALECER A CIENCIA E TECNOLOGIA JUNTO COM A EDUCAÇÃO, COM RECURSOS DO PRÉ-SAL. 

LOC: ESSA É A PROPOSTA DE UMA EMENDA DO SENADOR INÁCIO ARRUDA, DO PC DO B DO CEARÁ À EMEPE QUE REGULA A DESTINAÇÃO DOS RECURSOS VINDOS DA EXPLORAÇÃO DO PETRÓLEO. REPORTAGEM É DE ANA BEATRIZ SANTOS: 

(Repórter) Garantir que os recursos do pré-sal também sejam utilizados para a ciência e tecnologia. Essa é a proposta da emenda que o senador Inácio Arruda, do PC do B do Ceará, vai apresentar na comissão que discute a medida provisória que destina os recursos do pré-sal para a educação, a MP 592 de 2012. Pela emenda de Inácio arruda, setenta por cento dos recursos deverão ser investidos na educação básica, vinte por cento na educação superior e dez por cento em ciência e tecnologia. O senador cearense acredita que a alteração vai passar pela comissão com facilidade. 

(Inácio Arruda) “não há como você tirar o pais da miséria e permitir que ele tenha uma ação soberana de nação se ele não tiver forte investimento na área de ciência e tecnologia, então com essa compreensão que nós temos que ter aqui sim, jogar o Maximo de recursos na educação básica mas garantir que a ciência e tecnologia seja amparada por esse recurso acho que é uma medida correta necessária temos a impressão que será aceita pela relatoria da comissão”. 

(Repórter) Inácio Arruda lembrou que as Comissões de Infraestrutura e de Educação do Senado já aprovaram um projeto de lei de sua autoria que propõe a mesma divisão dos recursos do pré-sal. O presidente da comissão mista que analisa a medida provisória 592 é senador Sergio Souza, do PMDB do Paraná e o relator é o deputado Leonardo Picciani, do PMDB do Rio de Janeiro.
26/02/2013, 05h13 - ATUALIZADO EM 26/02/2013, 05h13
Duração de áudio: 01:31
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00