Senadores esperam ver projetos andando na Educação

02:09Senadores esperam ver projetos andando na Educação

Transcrição O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO ESCOLHEU O PROFESSOR MILTON RIBEIRO PARA SER O MINISTRO DA EDUCAÇÃO. RIBEIRO SERÁ O QUARTO MINISTRO DO MEC NA GESTÃO BOLSONARO. MAIS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: Milton Ribeiro é formado em Teologia e Direito, tem mestrado em direito e doutorado em educação pela Universidade de São Paulo. É integrante da Comissão de Ética da Presidência da República e pastor da Igreja Presbiteriana. Foi vice-reitor da universidade Mackenzie. Ele será o quarto ministro da educação da gestão de Jair Bolsonaro. Antes dele, ocuparam a pasta Ricardo Vélez Rodrigues, Abraham Weintraub e Carlos Decotelli, que nem chegou a tomar posse no cargo. O senador Chico Rodrigues, do Democratas de Roraima, vice-líder do governo, espera que a gestão de Milton Ribeiro seja marcada pelo diálogo: Chico 1 18” – É uma pessoa que tem todas a prerrogativas para assumir o cargo. Nós esperamos apenas que ele tenha muito diálogo, compromisso com a educação e também compromisso com o Brasil. Acho que agora é o momento de pacificação. (REP) O senador Dário Berger, do MDB de Santa Catarina, presidente da Comissão de Educação, afirmou que o colegiado está disposto a contribuir com o novo ministro na discussão dos grandes temas educacionais: Dario 1 17” – A Comissão de Educação do Senado Federal estará disposta ao diálogo com intuito de contribuir para a implantação de políticas públicas urgentes e necessárias ao desenvolvimento do ensino público no Brasil como o Fundeb e o Sistema Nacional de Educação. (REP) Pelas redes sociais, diversos senadores se manifestaram sobre a indicação. Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, disse torcer para que Milton Ribeiro “retire o MEC das lutas ideológicas inúteis”. Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, afirmou esperar que o novo ministro dê “alegria na pasta prioritária de uma nação”. Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão desejou sucesso a Ribeiro e ressaltou que a educação “não pode continuar em frangalhos, claudicante”. Entre os principais assuntos a serem tratados pelo MEC no curto prazo estão a organização do Enem de 2020 e a renovação do Fundeb que está em discussão no Congresso Nacional. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende.

Milton Ribeiro, doutor em Educação, ex-vice-reitor da Universidade Mackenzie e Pastor Presbiteriano, é o novo ministro da educação. Ribeiro é o quarto ministro da área no governo Jair Bolsonaro. Para o presidente da Comissão de Educação do Senado, Dario Berger (MDB/SC) é urgente a atenção para políticas públicas como o Fundeb e o Sistema Nacional de Educação. Chico Rodrigues (DEM/RR) afirma que é momento de pacificação na área. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo