Segurança

Senado tem propostas de prevenção de acidentes de trabalho

02:41Senado tem propostas de prevenção de acidentes de trabalho

Transcrição LOC: 27 DE JULHO É O DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO. LOC: SAIBA QUAIS AS PROPOSTAS DO SENADO PARA AUMENTAR A SEGURANÇA DOS TRABALHADORES NA REPORTAGEM DE MARCELLA CUNHA: TÉC: Quedas, choques, ferimentos com ferramentas manuais, cortes e fraturas. Estes são os acidentes de trabalho mais comuns no Brasil. Segundo a Organização Internacional do Trabalho, as atividades com maior número de registros no país são: água e saneamento básico, indústria, transporte, saúde, fornecimento de energia elétrica e gás, mineração e construção civil. Para conscientizar a população sobre o problema, foi criado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. O objetivo é evitar que a negligência, más condições de trabalho ou ausência de protocolos de segurança aumentem o número de ocorrências. Além dos acidentes considerados típicos, que acontecem no desenvolvimento do trabalho, existem as doenças laborais, como a lesão por esforço repetitivo e as dermatoses ocupacionais, causadas pela exposição do trabalhador a agentes químicos, físicos ou biológicos. Para o senador Paulo Paim, do PT do Rio Grande do Sul, é o caso do novo coronavírus. Ele apresentou uma proposta para considerar a contaminação de profissionais de saúde um acidente de trabalho, com previsão de recebimento de auxílio-doença. (Paim) Nós temos que dar o mínimo de estrutura a eles. Temos que garantir EPIs que é equipamento de segurança, com máscara, com roupa até o pé, ou cobertura no sapato, na cabeça nos olhos, na boca, tudo. E está faltando EPI’s, ele estão reclamando. Como é que a gente quer que os nossos guerreiros, que os nossos heróis, façam o bom combate, mas não vamos dar os instrumentos? Vamos deixar eles lá sem segurança nenhuma. Isso é inaceitável. (REP) Mais de cinco mil denúncias já foram feitas ao Conselho Federal de Enfermagem da falta de EPI’s para uso no trabalho. Outra proposta de Paim determina a construção de alojamentos para os profissionais de saúde pública envolvidos nas operações de contenção da pandemia. O objetivo é evitar a disseminação da doença durante o transporte. (Paim) ) Tem que ter alojamento para eles porque se não ficam nos hospitais ou no tal acampamento e quando voltam para casa em contato com a família pode contaminar. (REP) Os chamados acidentes de trajeto, que ocorrem no caminho entre a casa do empregado e o serviço, voltaram a ser equiparados, em abril, a acidentes de trabalho com a revogação da MP 905, do Contrato Verde e Amarelo. Com isso, o trabalhador volta a ter assegurado o direito de estabilidade no emprego por 12 meses após a alta médica. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

Nesta segunda-feira (27), é celebrado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. O senador Paulo Paim (PT-RS) tem uma proposta que considera a contaminação pelo novo coronavírus um acidente de trabalho. Ele também defende a criação de alojamentos para profissionais de saúde não infectarem a própria família ou a população nos transportes públicos. A reportagem é de Marcella Cunha.


PL 1.192/2020


PL 1.195/2020

TÓPICOS:
Água  Construção Civil  Coronavírus  Desenvolvimento  Emprego  Energia  Enfermagem  Família  Indústria  Mineração  pandemia  PT  Rio Grande do Sul  Saúde  Saúde Pública  Saneamento Básico  Segurança  Senador Paulo Paim  Trabalho  Transportes 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo