Defesa do consumidor

Projeto obriga provedores de internet a criarem múltiplos canais de atendimento ao consumidor

01:53Projeto obriga provedores de internet a criarem múltiplos canais de atendimento ao consumidor

Transcrição LOC: AS PROVEDORAS DE INTERNET TERÃO QUE OFERECER AOS CONSUMIDORES MAIS CANAIS DE ATENDIMENTO, INCLUSIVE COM REDES SOCIAIS. LOC: É O QUE PREVÊ UM PROJETO DE LEI APRESENTADO NO SENADO, COMO INFORMA O REPÓRTER FLORIANO FILHO. (REP) Empresas operadoras de telecomunicações e de internet estão entre as que mais recebem reclamações nos Institutos de Defesa do Consumidor, os Procons. Em geral, os provedores de internet, concentram o atendimento ao cliente em único canal, disponível na página da própria empresa. Muitos usuários reclamam que é fácil criar contas e fazer os pagamentos, mas quando precisam tirar dúvidas, solucionar algum problema específico ou questionar um débito enfrentam grandes dificuldades. O senador Waldemir Moka, do PMDB de Mato Grosso do Sul, apresentou um projeto de lei obrigando os provedores de internet a criarem outros canais de atendimento, inclusive pelas redes sociais. Para o senador Dalírio Beber, do PSDB de Santa Catarina, a proposta se justifica tendo em vista a dimensão que a internet tomou no dia a dia da sociedade. (Dalírio) A internet passou a ser um elemento indispensável na comunicação, na interação das pessoas. Todos os telefones, smart phones e outros aparelhos fazem com que as pessoas simplifiquem e se aproximem de seus negócios, das suas relações interpessoais. (rep) Dalírio Beber afirma que ideia é desafogar a quantidade de reclamações existentes no setor. (Dalírio) Surge o direito e as demandas, que muitas vezes levam a indisposições por falta de uma acessibilidade muito mais constante, regular. E aí faz com que os consumidores se sintam prejudicados (...). (REP) O projeto de lei está aguardando a apresentação de emendas na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado. Da Rádio Senado, Floriano Filho. PLS 481/2017

As provedoras de internet terão que oferecer aos consumidores mais canais de atendimento, inclusive com redes sociais. É o que prevê um projeto (PLS 481/2017) de lei apresentada pelo senador Waldemir Moka (PMDB – MS). Para o senador Dalírio Beber (PSDB – SC), a proposta se justifica tendo em vista a dimensão que a internet tomou no dia a dia da sociedade.

TÓPICOS:
Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor  Defesa do Consumidor  Internet  Mato Grosso  PMDB  PSDB  Redes Sociais  Santa Catarina  Senador Waldemir Moka  Telecomunicações  Transparência 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo