Transfobia

Brasil lidera ranking de assassinatos de transexuais

01:28Brasil lidera ranking de assassinatos de transexuais

Transcrição LOC: PESQUISA APONTA QUE O BRASIL LIDERA O RANKING DE ASSASSINATOS DE TRANSEXUAIS. LOC: E A SENADORA MARTA SUPLICY ESTÁ PREOCUPADA COM O AUMENTO DA VIOLÊNCIA. REPÓRTER LARISSA BORTONI. (Repórter) Uma pesquisa feita em 72 países pela ONG Transgender Europe mostrou que entre primeiro de outubro de 2017 e 30 de setembro deste ano 167 transexuais foram mortos no Brasil. Em 2016 foram 136 assassinados. De acordo com a ONG, que tem sede na Alemanha, a maioria das vítimas eram profissionais do sexo. A senadora Marta Suplicy, que é de São Paulo, afirmou que o aumento da violência é visível e que, por conta disso, muitos homossexuais e transexuais estão com medo de até sair de casa. (Marta Suplicy) O que mais tem me impressionado é o medo que as pessoas passaram a ter e isso eu tenho tido o depoimento de várias pessoas homossexuais dizendo que já tinham receio de sair à rua. Não é que fosse alguma coisa sempre tranquila. Dependendo do bairro, nem iam. Mas, agora, a questão ficou muito mais séria. (Repórter) Ainda de acordo com a pesquisa que mostrou o Brasil como líder de assassinato de pessoas trans, em segundo lugar está o México com 71 vítimas. Em terceiro, os Estados Unidos onde foram 28 assassinatos e a Colômbia, com 21. O Dia Internacional da Memória Transgênera, em 20 de novembro, é dedicado à memória das vítimas da violência decorrente do preconceito e da transfobia.

Uma pesquisa feita em 72 países pela ONG Transgender Europe mostrou que entre primeiro de outubro de 2017 e 30 de setembro deste ano 167 transexuais foram mortos no Brasil. Em 2016 foram 136. De acordo com a ONG, a maioria das vítimas era profissionais do sexo. A senadora Marta Suplicy (sem partido/SP) afirmou que o aumento da violência é visível e que, por conta disso, muitos homossexuais e transexuais estão com medo de até sair de casa.

TÓPICOS:
assassinatos de transexuais  homossexuais  LGBTI  ONG Transgender Europe  profissionais do sexo  Senadora Marta Suplicy  transexuais  transfobia  Violência 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo