Desenvolvimento Regional

Amapá entra na área de atuação da Codevasf

01:52Amapá entra na área de atuação da Codevasf

Transcrição LOC: A COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO SÃO FRANCISCO E DO PARNAÍBA PASSARÁ A ATUAR TAMBÉM NO AMAPÁ E EM BACIAS HIDROGRÁFICAS E LITORÂNEAS DA BAHIA, PARAÍBA, CEARÁ, GOIÁS, PIAUÍ, RIO GRANDE DO NORTE E DE PERNAMBUCO. LOC: É O QUE DIZ LEI SANCIONADA NESTA TERÇA-FEIRA. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. TÉC: Durante a discussão da proposta, que originalmente ainda previa a inclusão do Pará no alcance da Codevasf, parlamentares como o senador Elmano Férrer, do Podemos do Piauí, reclamaram que os recursos não seriam suficientes para atender a nova demanda. (Elmano Férrer): Só falta incluir a região Sul na Codevasf. Isso é um exagero, é um absurdo. Criemos instituições para esse macro bacias, mas não queiramos estender quando nós já estamos com os recursos limitadíssimos. Recursos são limitados e agora não vai ter mais recurso para atender todas essas bacias hidrográficas de todas essas regiões. (Repórter) O autor do projeto que deu origem à lei, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, defendeu a iniciativa. (Davi): É a chance de termos uma empresa consolidada, que tem o reconhecimento da sociedade brasileira, que presta um serviço de desenvolvimento e de promoção das regiões, atendendo hoje e atuando a partir de agora no estado do Amapá. Com certeza absoluta promoverá a qualidade de vida, o bem-estar, através de obras importantes e obras estruturantes para promover a melhor qualidade de vida dos amapaenses. (Repórter): A ideia de promover o desenvolvimento das comunidades situadas ao longo do rio São Francisco veio ainda na década de 40. A Comissão do Vale do São Francisco evoluiu para uma superintendência e na década de 70 virou Companhia do Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. Outras mudanças foram acontecendo e agora o Amapá e bacias hidrográficas e litorâneas da Bahia, Paraíba, do Ceará, Goiás, Piauí, Rio Grande do Norte e de Pernambuco entram na área de atuação da Codevasf. Da Rádio Senado, Bruno Lourenço. Lei 14.053/2020 (PL 4731/2019)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba passará a atuar também no Amapá e em bacias hidrográficas e litorâneas da Bahia, Paraíba, do Ceará, Goiás, Piauí, Rio Grande do Norte e de Pernambuco. É o que diz lei (Lei 14.053/2020) sancionada nesta terça-feira (8). Parlamentares como o senador Elmano Férrer (Podemos-PI) reclamaram que os recursos não seriam suficientes para atender a nova demanda. Mas o autor do projeto (PL 4731/2019) que deu origem à lei, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), defendeu a iniciativa. A reportagem é de Bruno Lourenço.

TÓPICOS:
Amapá  Bahia  Ceará  Davi Alcolumbre  Desenvolvimento  Goiás  Pará  Paraíba  Pernambuco  Piauí  Podemos  Qualidade de Vida  Região Sul  Rio Grande do Norte  Rio São Francisco  Senador Davi Alcolumbre  Senador Elmano Férrer 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo