Senado participa da Bienal Internacional do Livro de Brasília — Rádio Senado
Cultura

Senado participa da Bienal Internacional do Livro de Brasília

Com início nesta sexta-feira (21), a 5ª Bienal Internacional do Livro de Brasília vai até o dia 30 de outubro, no Pavilhão do Parque da Cidade, e contará com a participação do Senado Federal. A proposta é que o estande seja interativo. Além de cerca de 140 livros, o público terá acesso a réplicas de documentos históricos, produzidas pela Gráfica do Senado, como a Lei Áurea. O estande também terá uma área reservada para as crianças. Um dos destaques é o lançamento de mais uma obra Coleção Escritoras do Brasil, publicada pela Livraria do Senado, intitulada A Infanta Carlota Joaquina. Os livros sobre legislação poderão ser adquiridos a partir de R$3,00.

20/10/2022, 12h55 - ATUALIZADO EM 20/10/2022, 12h55
Duração de áudio: 02:23
Divulgação

Transcrição
 O SENADO FEDERAL VAI PARTICIPAR DA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE BRASÍLIA. COM INÍCIO NESTA SEXTA-FEIRA, A BIENAL VAI ATÉ O DIA 30 DE OUTUBRO NO PAVILHÃO DO PARQUE DA CIDADE. REPÓRTER BIANCA MINGOTE. Realizada pela primeira vez presencialmente após a pandemia da Covid-19, a Bienal Internacional do Livro de Brasília deste ano tem como tema "A transformação começa aqui". O evento é gratuito e acontece no Pavilhão do Parque da Cidade. Fazem parte da programação palestras, debates, lançamentos e shows. Em sua quinta edição, vão estar reunidos 100 expositores e 400 mil títulos. E o Senado está entre os participantes. Os servidores do da Casa preparam um estande interativo. O público, além de acessar cerca de 140 livros, poderá ler e manusear réplicas de documentos históricos. Todas produzidas pela Gráfica do Senado como, por exemplo, a Lei Áurea. Quem visitar o estande também poderá participar do lançamento de mais uma obra da Coleção Escritoras do Brasil, publicada pela Livraria do Senado, que reúne escritoras que não tiveram muito destaque em vida. O nome da obra é A Infanta Carlota Joaquina, esposa de Dom João VI. No estande, há também um espaço reservado para livros sobre legislação, que poderão ser adquiridos a partir de R$3,00. Essas obras também podem ser baixadas gratuitamente na internet. Em cada etiqueta tem um QR Code que direciona ao download. Também serão expostas obras sobre o Bicentenário de Independência do Brasil e do Arquivo S. Abelardo Mendes Junior, da Coordenação de Edições Técnicas da Gráfica do Senado, conta sobre a série de livros e descreve como será um pouco da interação dos servidores do Senado com o público da Bienal. A gente tem a companhia de alguns servidores aqui do Arquivo do Senado que vão explicar uma série de livros que existem, que a gente publica na Livraria do Senado chamado Arquivo S, que conta vários episódios da História do Brasil no qual o Senado fez parte, de uma maneira bem didática, bem interessante, que cativa o leitor no primeiro parágrafo. Esses livros contam como o Senado participou. E ali a gente vai mostrar com um documentos alguns desses capítulos. O exemplo é como o Senado esteve presente na Lei Áurea. A entrada no evento é gratuita, mas é necessário retirar o ingresso no site oficial da Bienal. Pessoas com até 16 anos não precisam ter ingresso. Apesar da gratuidade na entrada, o acesso aos shows é pago e o ingresso também é emitido no site. O evento vai até o até o dia 30 de outubro. Sob a supervisão de Marcella Cunha, da Rádio Senado, Bianca Mingote.

Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00