Marcelo Castro e Leila Barros são eleitos para o comando da Comissão de Educação do Senado — Rádio Senado
Senado

Marcelo Castro e Leila Barros são eleitos para o comando da Comissão de Educação do Senado

O senador Marcelo Castro (MDB-PI) foi eleito para a presidência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte nos próximos dois anos. A vice-presidência ficou com a senadora Leila Barros (PSB-DF). Marcelo Castro afirmou que, apesar da pandemia, o desafio é discutir a qualificação da educação pública. 

23/02/2021, 13h09 - ATUALIZADO EM 23/02/2021, 13h09
Duração de áudio: 01:58
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Transcrição
LOC: O SENADOR MARCELO CASTRO, DO MDB DO PIAUÍ, FOI ELEITO PARA COMANDAR A COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE DO SENADO ATÉ 2023. LOC: A VICE-PRESIDÊNCIA SERÁ DA SENADORA LEILA BARROS, DO PSB DO DISTRITO FEDERAL. REPÓRTER RODRIGO RESENDE TÉC: O senador Marcelo Castro, do MDB do Piauí, será o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte pelos próximos dois anos. Para ele, um dos desafios do colegiado é discutir a qualificação da educação pública. (Marcelo Castro) É claro que nós temos um trabalho muito grande pela frente. A educação do nosso país, cheia de carências. O Brasil, infelizmente, é um dos países que ficaram para trás na evolução e um dos motivos principais, segundo todo um consenso de todos os estudiosos, é porque o Brasil nunca teve uma educação de massa de qualidade. (REP) A senadora Leila Barros, do PSB do Distrito Federal, foi eleita vice-presidente da comissão. Ela afirmou que os problemas da educação brasileira foram acentuados em função da pandemia. (Leila) Teremos grandes desafios nesses próximos dois anos. Nós encaramos os piores índices de investimentos na educação nessa última década. Sabemos que a educação do nosso país está muito comprometida por causa da pandemia, mas nós não podemos levar isso como justificativa para não trabalharmos. (REP) O senador Dario Berger, do MDB de Santa Catarina, que deixou a presidência da CE, afirmou que o seu mandato enfrentou diversos desafios, o maior deles, a aprovação no novo Fundeb. (Berger) Nós fizemos aqui aquilo que foi possível fazer e aprovamos talvez a maior e mais expressiva, junto com o SUS, as duas políticas públicas mais expressivas desse que é o FUNDEB. O FUNDEB nós fizemos aqui inúmeras audiências públicas, inúmeras consultas e chegamos a um projeto de consenso. (Rep) A Comissão de Educação, Cultura e Esporte é composta por 27 senadores titulares e 27 suplentes. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende

Ao vivo
00:0000:00