Senadores participam da instalação do Grupo Parlamentar Brasil ONU — Rádio Senado
Relações Exteriores

Senadores participam da instalação do Grupo Parlamentar Brasil ONU

Grupo Parlamentar Brasil-ONU é instalado nesta sexta-feira (18) em reunião remota com participação de senadores, deputados e representantes do Itamaraty. O objetivo é incentivar e desenvolver as relações do Congresso Nacional com a Organização das Nações Unidas. As informações com a repórter Raquel Teixeira, da Rádio Senado.

18/12/2020, 14h11 - ATUALIZADO EM 18/12/2020, 14h12
Duração de áudio: 01:53
Foto: Stockphotos/direitos reservados

Transcrição
LOC: GRUPO PARLAMENTAR BRASIL ONU FOI INSTALADO EM REUNIÃO REMOTA COM PARTICIPAÇÃO DE SENADORES, DEPUTADOS E REPRESENTANTE DO ITAMARATY. LOC: O OBJETIVO É INCENTIVAR E DESENVOLVER RELAÇÕES DO CONGRESSO NACIONAL COM AS NAÇÕES UNIDAS. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. (Repórter) Essa foi a primeira reunião do Grupo Parlamentar Brasil-ONU, que vai permitir uma interação entre o Congresso Nacional e as Nações Unidas no cumprimento de metas relacionadas à erradicação da fome e ao combate à pobreza, entre outras. O oficial de parcerias das Nações Unidas no país, Haroldo Machado, ressaltou a importância desse grupo. (Haroldo Machado) O objetivo principal desse grupo aqui no Brasil é maximizar de maneira coordenada o trabalho da ONU para que o sistema possa proporcionar uma resposta coletiva coerente e integrada às prioridades e necessidades nacionais no marco dos objetivos do desenvolvimento sustentável e dos demais compromisso internacionais. (Repórter) Eleito vice-presidente do grupo, o senador Eduardo Girão, do Podemos do Ceará, antecipou que o Legislativo pode colaborar com a prosperidade mundial. (Eduardo Girão) O Brasil tem um potencial fantástico e eu acredito muito nesse país. E acredito que Deus tem um plano reservado para esse país, um plano de prosperidade, de fraternidade, de amor, de liberdade a gente está aqui para, com todas as limitações colaborar para o destino desse país. (Repórter) Primeiro secretário do grupo, Major Olímpio, do PSL de São Paulo, defendeu que os parlamentares brasileiros trabalhem pela cultura da paz. (Major Olímpio) Eu quero participar, aprender e ser mais um multiplicador e alguém que vai ajudar a pazear no nosso país e o mundo. (Repórter) Foram eleitos para a presidência o deputado Roberto Lucena, do Podemos de São Paulo, e para a segunda vice-presidência, o senador Marcos do Val, do Podemos do Espírito Santo. Os mandatos têm duração de dois anos, renováveis pelo mesmo período. No total, participam do grupo 16 deputados e 11 senadores.

Ao vivo
00:0000:00