Segurança

Ney Suassuna teme que sistema Pix possa incentivar sequestros

O senador Ney Suassuna (Republicanos– PB) está preocupado com a possibilidade do sistema de pagamento instantâneo Pix incentivar o aumento de sequestros relâmpago. O senador citou um vídeo do ex-delegado e ex-chefe da Divisão de Anti-Sequestros da Polícia Civil, Fernando Moraes, alertando que a rapidez da transferência de dinheiro por meio do Pix, pode aumentar os casos de sequestro relâmpago.

03/12/2020, 19h00 - ATUALIZADO EM 03/12/2020, 19h00
Duração de áudio: 01:35
Foto: Foto: Agência Brasil

Transcrição
LOC: O SENADOR NEY SUASSUNA, DO REPUBLICANOS DA PARAÍBA, ESTÁ PREOCUPADO QUE O PIX POSSA INCENTIVAR SEQUESTROS. LOC: ELE CITOU UM VÍDEO DE UM EX-DELEGADO, ALERTANDO PARA O RISCO DO AUMENTO DO CRIME. A REPORTAGEM É DE LÍVIA TORRES: TÉC: O Pix, novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas e gratuitas, criado pelo Banco Central, está em vigor desde novembro. Apesar da praticidade, o serviço gera preocupações quanto a segurança. Em pronunciamento, o senador Ney Suassuna, do Republicanos da Paraíba, citou um vídeo postado nas redes sociais, do ex-delegado Fernando Moraes, ex-chefe da Divisão Anti-Sequestro da Polícia Civil, que falou sobre a possibilidade do Pix aumentar o crime de sequestro relâmpago. Criminosos podem se aproveitar da rapidez da transferência, para praticar o crime, como falou o senador: (Sonora Ney) “Esse Pix tem uma faceta muito preocupante, que é de as pessoas serem sequestradas, pegarem o telefone delas e dizerem “pega aí tudo e passa" para um terceiro, que já pega o dinheiro em segundos, joga para outro canto e já sumiu. Então essa é uma preocupação real.” (Rep) O Banco Central informou que é improvável o aumento de sequestros, por conta do Pix. Segundo a instituição, o sistema tem várias camadas de segurança e o dinheiro em espécie é mais usado pelos criminosos, por não ser possível rastrear. Mesmo assim, o senador Ney Suassuna, questionou a segurança do sistema: (Sonora Ney) “O Banco Central disse que não é bem assim, mas eu pergunto: “será que isto foi bem feito? Será que não era melhor acompanhar todo este processo e buscar soluções que possa barrar, possam dificultar essas ações criminosas” (Rep) O Pix permite pagamentos e transferências 24 horas, todos os dias, incluindo fim de semana e feriados. Sob supervisão de Maurício de Santi, da Rádio Senado. Lívia Torres.

Ao vivo
00:0000:00