Congresso Nacional prepara a posse de Jair Bolsonaro — Rádio Senado
1º de janeiro

Congresso Nacional prepara a posse de Jair Bolsonaro

A cerimônia de posse do presidente Jair Messias Bolsonaro acontecerá em primeiro de janeiro de 2019 e envolve diversas etapas. Tradicionalmente, o evento de posse começa com uma missa na Catedral de Brasília e, na sequência, há desfile em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. Em sessão solene do Parlamento, Jair Bolsonaro fará o juramento constitucional e é efetivamente empossado.

29/10/2018, 14h27 - ATUALIZADO EM 27/12/2018, 11h40
Duração de áudio: 02:15
Marcos Oliveira/Agência Senado

Transcrição
LOC: JAIR BOLSONARO, ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA COM MAIS DE 56 MILHÕES DE VOTOS, TOMARÁ POSSE NO CONGRESSO NACIONAL EM 1º DE JANEIRO DE 2019. LOC: O CONGRESSO, O ITAMARATY E O GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DO PALÁCIO DO PLANALTO JÁ ORGANIZAM A CERIMÔNIA. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES: (Repórter) A posse do deputado federal do PSL Jair Messias Bolsonaro como presidente da República acontecerá em primeiro de janeiro de 2019, numa Sessão Solene do Congresso Nacional. O evento de posse envolve diversas cerimônias organizadas desde março. Em reuniões quinzenais, o Gabinete de Segurança Institucional do Palácio do Planalto discute os detalhes com equipes do Congresso Nacional, do Itamaraty, das Polícias Militar e Legislativa e Forças Armadas. A Diretora de Relações Públicas do Senado e coordenadora do Grupo de Trabalho para a posse no Congresso, Maria Cristina Monteiro, disse que a cerimônia segue um rito, que poderá ser alterado por Jair Bolsonaro. (Maria Cristina Monteiro) “Existe um roteiro básico que tem sido realizado em todas as outras posses, mas podem ocorrer mudanças porque são decisões que são tomadas em conjunto. Na verdade, o Congresso Nacional é uma das etapas de um grande cerimonial de grandes eventos”. (Repórter) Se Bolsonaro seguir o rito tradicional, começará o dia assistindo a uma Missa na Catedral de Brasília. Na sequência, desfilará em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. É no Parlamento, em sessão solene, que Jair Messias Bolsonaro tomará posse como presidente da República, como explica Cristina Monteiro. (Maria Cristina Monteiro) “Onde, realmente, o presidente é empossado e ele sai do Congresso Nacional como presidente. Aqui que ele, de fato, é empossado. É o presidente Eunício Oliveira quem conduz a cerimônia”. (Repórter) Ao chegar ao Congresso, Bolsonaro será recebido pelos presidentes do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia, e seguirão juntos até o Plenário da Câmara, onde é feito o juramento constitucional. Já empossado, Bolsonaro seguirá para o Palácio do Planalto para receber a faixa presidencial e fazer um discurso à Nação. À noite, as autoridades estrangeiras serão recebidas num banquete no Itamaraty. Após a definição dos detalhes do evento, um ensaio geral será feito no final de dezembro.

Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00