Parte do que consumidor paga na conta de luz pode ir para serviços ambientais — Rádio Senado

Parte do que consumidor paga na conta de luz pode ir para serviços ambientais

LOC: PARTE DO QUE O BRASILEIRO PAGA NA CONTA DE LUZ PODE SER DESTINADA PARA O PAGAMENTO DE SERVIÇOS AMBIENTAIS. 

LOC: A MUDANÇA, QUE ENTRARIA EM VIGOR NAS PRÓXIMAS LICITAÇÕES PARA EXPLORAÇÃO DO SETOR, EM 2014 E 2015, ESTÁ NA PAUTA DE QUINTA-FEIRA DA COMISSÃO DE INFRAESTRUTURA DO SENADO. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO. 

TÉC: Até 2015, um quinto das concessões públicas do setor elétrico brasileiro vão vencer e terão que passar por novas licitações. Nessa ocasião, os preços da energia elétrica devem abaixar significativamente, pois hoje as concessionárias pagam por investimentos feitos na infraestrutura da rede de produção, transmissão e distribuição de energia. O senador Rodrigo Rollemberg, do PSB do Distrito Federal, sugeriu que 5% dessa redução seja destinada ao Fundo Nacional do Meio Ambiente, para pagamento por serviços ambientais. 

(Rodrigo Rollemberg) O que estamos propondo é que uma parcela pequena do valor que permitiria a redução da tarifa seja destinada ao fundo de pagamento por serviços ambientais. Que pagaria aqueles produtores que são produtores de água, que estão preservando as matas ciliares, e com isso estão possibilitando a oferta de água em qualidade. E ao mesmo tempo financiaria a recuperação das áreas de preservação permanente ripárias, que são aquelas às margens dos rios, de pequenos produtores. 

(Repórter) Rollemberg destacou que não há hipótese da tarifa aumentar, e acredita que a sociedade vai apoiar um desconto menor na conta de luz em troca de investimentos no meio ambiente. 

(Rodrigo Rollemberg2) Todos concordam que nós devíamos ter um sistema de pafgamento por serviços ambientais. Mas a grande questão que se coloca é daonde viria os recursos para esse fundo. Uma decisão como essa, ela permite uma redução muito expressiva da tarifa de energia elétrica, e apenas uma pequena parcela do que seria um desconto maior, digamos assim, seria pra financiar esse fundo. Portanto, Como a pessoa já está acostumada a pagar um determinado valor e vai reduzir esse valor que se paga por energia elétrica, eu não tenho a menor dúvida que a população apoiaria isso. 

(Repórter) O senador, que é presidente da Comissão de Meio Ambiente, lembrou ainda que a energia hidrelétrica tem como principal matéria-prima a água, tanto das chuvas como das bacias hidrográficas. Portanto, investimento na qualidade e na quantidade de água no reservatório é essencial para a continuidade da geração de energia.
02/07/2012, 02h38 - ATUALIZADO EM 02/07/2012, 02h38
Duração de áudio: 02:04
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00