Comissão debate conscientização sobre as mudanças climáticas — Rádio Senado

Comissão debate conscientização sobre as mudanças climáticas

LOC: O BRASIL PRECISA AVANÇAR NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AMPLIAR AS CAMPANHAS DE CONSCIENTIZAÇÃO PARA MUDAR A FORMA DA POPULAÇÃO PENSAR E AGIR. 

LOC: ESSAS SÃO ALGUMAS DAS CONCLUSÕES DA AUDIÊNCIA PÚBLICA CONJUNTA DAS SUBCOMISSÕES DA RIO MAIS 20, REALIZADA NESTA QUINTA-FEIRA. MAIS INFORMAÇÕES, COM O REPÓRTER NILO BAIRROS: 

(Repórter) A audiência marcou o Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas, comemorado em 16 de março. O autor da lei que cria essa data especial é o senador Cristovam Buarque, do PDT do Distrito federal, que também preside as duas subcomissões do Senado que acompanham os preparativos para a Rio+20, marcada para junho no Rio de Janeiro. Por isso mesmo, o tema da audiência desta quinta-feira foi a educação para o meio ambiente, como explicou Cristovam Buarque: 

(Cristovam Buarque) Diversas palestras, mostrando a realidade que nós vivemos, o desastre que vem adiante, se não tomarmos as medidas necessárias, e uma fala tão emocionante do Padre Nelito mostrando a necessidade de uma revolução mental, espiritual, mental, para que nós possamos salvar o planeta e a vida. 

(Repóter) Além do Padre Nelito Dornelas, representante da CNBB, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, participaram da audiência a superintendente de Educação Básica do Conselho Nacional de Secretários de Educação, professora Sandra Zita Silva, o deputado distrital e produtor rural orgânico Joe Valle, e o assessor do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, Ipam, André Lima. E os debatedores concordaram que o poder público e a sociedade precisam usar a criatividade para conscientizar e educar a população sobre temas do meio ambiente. Filmes de curta metragem, revista em quadrinhos e outras ferramentas foram lembradas. Mas também houve cobranças. Para André Lima, do Ipam, o Brasil caminha ora para frente, ora para trás quando o assunto é a economia verde. Ele lembrou que nos últimos quatro anos o governo federal concedeu cerca de 70 bilhões de reais em isenção tributária a setores não sustentáveis da economia, e criticou a aprovação, pelo Congresso, de lei que reduz os poderes do IBAMA: 

(André Lima) Acabamos de reduzir os poderes do IBAMA por exemplo em relação á fiscalização do desmatamento por lei, isso foi feito por lei. Tem uma série de retrocessos, está aí a Rio+20, estamos na vitrine da questão ambiental no mundo e estamos nessa posição ambígua. 

(Repóter) Cristovam Buarque anunciou que a partir do ano que vem o dia 16 de março será sempre marcado por debates e reflexões sobre a educação para o meio ambiente.
15/03/2012, 09h13 - ATUALIZADO EM 15/03/2012, 09h13
Duração de áudio: 02:21
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00