Congresso deve votar Orçamento 2012 até meados de dezembro — Rádio Senado

Congresso deve votar Orçamento 2012 até meados de dezembro

LOC: O PRESIDENTE DA COMISSÃO MISTA DE ORÇAMENTO DO CONGRESSO NACIONAL ESTÁ CONFIANTE NA APROVAÇÃO, DENTRO DO PRAZO, DO PRIMEIRO ORÇAMENTO ENVIADO AO LEGISLATIVO PELA EQUIPE DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF.

LOC: O SENADOR VITAL DO RÊGO ACREDITA QUE O CONGRESSO NACIONAL DEVE VOTAR O PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA NA TERCEIRA SEMANA DE DEZEMBRO. REPÓRTER ROGÉRIO DY LA FUENTE.


(REPÓRTER): A Comissão Mista de Planos e Orçamentos Públicos do Congresso Nacional usualmente trabalha com prazos apertados para as votações do projeto de lei orçamentária, do plano plurianual e, também da lei de diretrizes orçamentárias. Este ano não é diferente. Diante das inovações no processo de formulação da Lei Orçamentária de 2012, o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo refez o cronograma de reuniões. O senador do PMDB da Paraíba trabalha com a perspectiva de votação na terceira semana de dezembro. 

(VITAL DO RÊGO): Nós vamos esperar o redimensionamento das receitas, uma nova avaliação que vai ser feita até o dia 20, 25 de novembro e espero que até o dia 21 nós tenhamos aprovado essa matéria no Congresso Nacional. O prazo que eu restabeleci na comissão mista é o dia 19 e 20 e dia 21 no Congresso Nacional.

(REPÓRTER): O relatório preliminar da proposta orçamentária para 2012 foi aprovado no último dia 10. O texto do relator, deputado Arlindo Chinaglia, do PT de São Paulo, incorporou a proposta de reajuste para o ano que vem de aposentados e pensionistas do I-N-S-S que ganham acima do salário mínimo, mas não fixou o percentual. Outra modificação importante aprovada, foi o aumento no valor das emendas individuais por parlamentar. Elas passaram de 13 milhões de reais para 15 milhões de reais. Os 2 milhões a mais que cada deputado e senador passaram a dispor deverão ser direcionados, obrigatoriamente, para a área de saúde. 
17/11/2011, 06h06 - ATUALIZADO EM 17/11/2011, 06h06
Duração de áudio: 01:30
Ao vivo
00:0000:00