MG: Estado conduz ao Senado ex-presidente da Câmara Aécio Neves e ex-presidente da República Itamar Franco — Rádio Senado

MG: Estado conduz ao Senado ex-presidente da Câmara Aécio Neves e ex-presidente da República Itamar Franco

LOC: MG:INAS GERAIS TERÁ TRÊS NOVOS SENADORES. AÉCIO NEVES, DO PSDB E ITAMAR FRANCO, DO PPS, FORAM ELEITOS EM OUTUBRO E CLÉSIO ANDRADE, DO PR, ASSUME A VAGA DO SENADOR ELISEU RESENDE, QUE MORREU NO INÍCIO DO ANO.  

TÉC: Aécio Neves chega ao Senado depois de uma bem-sucedida administração do estado, que governou por oito anos seguidos. O mineiro de Belo Horizonte iniciou a carreira política aos vinte e dois anos, em 1983, como secretário particular do avô, Tancredo Neves. Foi eleito deputado federal por três vezes: em 86, em 94 e em 98 quando obteve o maior número de votos do seu estado. Em fevereiro de 2001 foi eleito presidente da Casa com mais votos que a soma de todos os outros candidatos. Na sua gestão criou o pacote ético, que acabou com a impunidade parlamentar para crimes comuns, o Conselho de Ética da Câmara e o Código de Ética e Decoro Parlamentar. Aécio Neves é economista, formado pela Universidade Católica de Minas Gerais e tem 50 anos. Ele foi eleito em outubro com sete milhões, quinhentos e sessenta e cinco mil votos. Durante a campanha, Aécio Neves defendeu a independência do Senado Federal. (Aécio Neves) ¿ O Senado tem que ser independente porque é aí que ele vai defender, por exemplo, o pacto federativo, municípios e estados mais fortes. O Senador não pode ser o agenciador de emendas e de verbas. Isso é apequenar o Senado, o senador tem que ser o representante do sentimento e dos interesses maiores de cada estado da federação. (Patrícia) - Itamar Franco foi presidente do País de 92 a 94. Ele iniciou a carreira política em 1950 no Partido Trabalhista brasileiro, PTB. O político, que tem oitenta anos, ocupou por três vezes uma cadeira no Senado. De 75 a 78 pelo MDB, de 83 a 87 pelo PMDB e em 87 pelo PL. Em 1988, foi companheiro de chapa de Fernando Collor à Presidência República e em dezembro de 92 assumiu o cargo, depois do impeachment dele. O Plano Real foi idealizado no governo de Itamar, pelo então ministro, Fernando Henrique Cardoso, que o sucedeu na Presidência da República. Itamar Franco também governou Minas Gerais, de 99 a 2003 e foi embaixador do Brasil em Roma, indicado pelo presidente Lula. Ele obteve cinco milhões, cento e vinte e cinco mil e 455 votos. Os dois senadores eleitos em outubro vão se juntar ao senador Clésio Andrade do PR que fica no senado até 2015, na vaga deixada por Eliseu Resende, que morreu no início de janeiro. Clésio Soares de Andrade é presidente da CNT, a Confederação Nacional de Transporte desde 1994. Ele começou a atuar no setor ainda na adolescência como cobrador de ônibus. De 2003 a 2006 foi vice-governador de Aécio Neves. O empresário da área de transportes disse que vai defender a melhoria das rodovias federais em todo o país, especialmente em Minas Gerais, que tem a maior malha de estradas sob o controle do governo federal. (Clésio) - Eu gostaria sempre de destacar a área de transporte e infra estrutura que é a área que eu conheço e eu pretendo apresentar um projeto equivalente ao projeto despoluir, que é um projeto que a confederação tem que eu acho que pode ser estendido para a sociedade. Nós pensamos também alguma coisa na área de saúde, que a gente possa criar um mecanismo para ajudar os pequenos hospitais do interior......um tipo lei Rouanet que as empresas pudessem ajudar a equipar esses hospitais, na área de saúde, é um projeto que eu também penso nele. (Patrícia) ¿ Clésio Andrade afirmou ainda que entra no Senado disposto a trabalhar pelo seu estado e a colaborar com a presidente Dilma Roussef.
01/02/2011, 06h30 - ATUALIZADO EM 01/02/2011, 06h30
Duração de áudio: 03:17
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00