Fake News

Senadores divergem sobre papel do STF no inquérito das fake news

01:12Senadores divergem sobre papel do STF no inquérito das fake news

Transcrição LOC: O PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NA CONDUÇÃO DO INQUÉRITO DAS FAKE NEWS DIVIDIU A OPINIÃO DO SENADORES. LOC: ALGUNS APOIAM O INQUÉRITO ENQUANTO OUTROS TEMEM DEIXAR PARA UMA ÚNICA INSTITUIÇÃO RESPONSABILIDADE POR INVESTIGAR, PRENDER E JULGAR. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. TÉC: O senador Marcos Rogério, do Democratas de Rondônia, disse estranhar que um único órgão possa concentrar todas ações de um inquérito. (Marcos): Não pode o próprio ofendido investigar, muito menos quando seu é o papel de julgar. Isso é simplesmente trágico. Corretíssíma a posição do procurador Aras que está pedindo a suspensão do inquérito que trata das fake News. (Repórter): Marcos Rogério afirmou que o compartilhamento de funções, por exemplo, com o Ministério Público, é indispensável para que não haja arbítrio. Já o senador Humberto Costa, do PT de Pernambuco, considera correta a postura do Supremo Tribunal Federal. (Humberto): Temos que manifestar integral apoio a essa postura do Supremo Tribunal Federal, que nada mais são do que ações de preservação da democracia, para o respeito á constituição, para preservação das liberdades em nosso país. (Repórter): Humberto Costa lembrou ainda que o próprio Congresso formou uma comissão parlamentar de inquérito para investigar as fake News. Da Rádio Senado, Bruno Lourenço. -

O papel do STF na investigação sobre as fake news dividiu a opinião dos senadores. Alguns parlamentares, como Humberto Costa (PT-PE) pedem apoio ao inquérito enquanto outros, como Marcos Rogério (DEM-RO) temem deixar para uma única instituição responsabilidade por investigar, prender e julgar. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Comissão Parlamentar de Inquérito  Constituição  DEM  Democracia  Fake News  Ministério Público  Pernambuco  PT  Rondônia  Senador Humberto Costa  Senador Marcos Rogério  Supremo Tribunal Federal 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo