Inclusão de Tocantins no horário de verão desagrada população

01:36Inclusão de Tocantins no horário de verão desagrada população

LOC: O TOCANTINS FOI INCLUÍDO NO HORÁRIO DE VERÃO PELA PRIMEIRA VEZ, MAS A MUDANÇA DESAGRADOU A POPULAÇÃO DO ESTADO.

LOC: PARA O SENADOR JOÃO RIBEIRO, O GOVERNO DO TOCANTINS ERROU AO PEDIR A ADESÃO DO ESTADO SEM CONSULTAR A SOCIEDADE. REPÓRTER NARA FERREIRA:

TEC: O senador João Ribeiro, do PR do Tocantins, lamentou a inclusão do Estado no horário de verão, porque, segundo ele, a população se sente prejudicada. O senador afirma que o governo deveria ter feito uma consulta popular, além de levantamentos técnicos, antes de enviar ofício ao governo federal solicitando a alteração. Ele lembrou que o estado da Bahia, por exemplo, que aderiu ao sistema no ano passado, vai ficar de fora. É que o governo baiano pediu a retirada por causa da rejeição da medida pela sociedade. João Ribeiro informou que a economia para o Estado é de apenas 3%.

(JOÃO RIBEIRO) É quase que a mesma situação da Bahia ou pior um pouco, um calor forte um sol muito quente. A economia é muito pequena, não chega a três por cento, portanto isso não é bom para a população do Tocantins, a população está super contrariada.

(REP) O horário de verão é adotado em todos os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste entre os meses de outubro e fevereiro. Segundo o Ministério das Minas e Energia, a medida poderá gerar uma economia de 3 bilhões de reais. A mudança nos relógios ajuda a garantir a segurança do sistema elétrico brasileiro. A redução da demanda de energia no horário de pico neste ano deve ser de 4,5%, o que representa mais de dois mil megawatts. Já a diminuição total do consumo deverá ser de 0,5%. O horário de verão começou no último domingo, 21, e vai até o dia 17 de fevereiro do próximo ano.

TÓPICOS:
PR  Tocantins  Economia  Energia  Bahia  Estados  Segurança 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11