Relações Exteriores

Em mutirão, Relações Exteriores vai votar 32 embaixadores

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) vai sabatinar na próxima segunda-feira (21) pelo menos 32 indicados ao cargo de embaixador em países como Israel, Chile, Argentina, Áustria, Dinamarca e Irã. O presidente da CRE, senador Nelsinho Trad (PSD-MS) informou que o Itamaraty poderá encaminhar mais dois nomes, totalizando 34 indicações. Os membros da comissão precisarão ir presencialmente até o Senado para cumprir a exigência de votação secreta de indicados pelo chefe do Executivo. Já os sabatinados poderão optar se querem ser ouvidos por videoconferência ou pessoalmente. A reportagem é de Marcella Cunha.

14/09/2020, 20h23 - ATUALIZADO EM 14/09/2020, 20h23
Duração de áudio: 02:06
Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) realiza sabatina de embaixadores indicados para chefes de missão diplomática nos Estados Unidos e Líbano.

Mesa:
indicado para exercer o cargo de embaixador do Brasil junto aos Estados Unidos da América, Nestor José Forster Junior - em pronunciamento;
presidente da CRE, senador Nelsinho Trad (PSD-MS);
indicado para exercer o cargo de embaixador do Brasil junto à República Libanesa, Hermano Telles Ribeiro.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Foto: Foto: Geraldo Magela/Agência Senado / Arquivo

Transcrição
LOC: A COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES VAI CONCENTRAR EM UM ÚNICO DIA A SABATINA DE PELO MENOS TRINTA E DOIS INDICADOS PARA O CARGO DE EMBAIXADOR DO BRASIL. LOC: A ANÁLISE DOS NOMES, QUE ACONTECE NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA, EXIGE VOTO SECRETO E PRESENCIAL DOS SENADORES. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA TÉC: Trinta e duas indicações de novos embaixadores estão prontas para a deliberação da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. Entre elas, dos representantes do Brasil em Israel, Chile, Argentina, Áustria, Dinamarca e Irã. Eles serão divididos em três grupos para serem ouvidos em conjunto nos turnos da manhã, tarde e noite. Por conta da pandemia, cada um dos indicados poderá decidir se prefere ser sabatinado presencialmente ou por meio de videoconferência. Segundo o presidente da CRE, senador Nelsinho Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, outros dois nomes também podem ser encaminhados pelo Itamaraty a tempo de serem apreciados na sessão de segunda-feira. (Nelsinho Trad) Pode ser que cheguem mais dois nome a serem enviados pelo Itamaraty. As sabatinas poderão ser presenciais ou remotas justamente para evitar aglomeração. Após onze sabatinas será feito o processo de votação secreta presencial do senador que compõe a comissão. (REP) O voto presencial dos membros da comissão é necessário para garantir o sigilo, já que o sistema de deliberação remota usado desde o início da pandemia não permite a realização de votação secreta. Essa é uma das exigências para a aprovação dos indicados pelo chefe do Executivo, como lembrou Nelsinho Trad. (Nelsinho Trad) É enviado à mesa diretiva, presidente Davi Alcolumbre, os nomes devidamente sabatinados e com o resultado, se aprovado ou não pela comissão. Para posteriormente ser submetido ao plenário do Senado que deverá também fazer a votação secreta de um a um desses embaixadores. (REP) Os nomes aprovados pela CRE poderão ser apreciados no dia seguinte pelo plenário do Senado, junto com a indicação de Nestor Forster para a embaixada de Washington, aprovada em fevereiro. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

Ao vivo
00:0000:00