Senado celebra os 20 anos do Dnit — Rádio Senado
Sessão especial

Senado celebra os 20 anos do Dnit

O Senado celebrou em sessão especial nesta segunda-feira (7) os 20 anos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a pedido do senador Wellington Fagundes (PL-MT). A necessidade de se incentivar os diversos modais de transportes e de reforçar o orçamento para o setor foram temas abordados na solenidade. Ao lembrar que o Dnit enfrenta a pior situação orçamentária de sua história, o senador lembrou que o país precisa voltar a crescer após a pandemia. O diretor do Dnit, Antônio Leite, confirmou as restrições orçamentárias e agradeceu ao Congresso pelas emendas parlamentares destinadas à infraestrutura viária.

07/06/2021, 15h26 - ATUALIZADO EM 07/06/2021, 15h26
Duração de áudio: 02:40
Roque de Sá/Agência Senado

Transcrição
LOC: SESSÃO ESPECIAL NO SENADO CELEBROU OS VINTE ANOS DO DNIT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. LOC: OS PARTICIPANTES PEDIRAM MAIS RECURSOS PARA INVESTIMENTOS NOS DIVERSOS MODAIS DE TRANSPORTE, ESPECIALMENTE EM FERROVIAS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. (Repórter) Os 20 anos do Dnit, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, teve como principais demandas a necessidade de investimento nos diversos modais de transporte e o reforço orçamentário para estradas. Marcello Vieira, representante do Ministério da Infraestrutura, defendeu o uso integrado de rodovias, hidrovias e ferrovias. (Marcello Vieira) “O Dnit nasceu multimodal e os desafios das próximas gerações é incorporar e crescer ainda mais a multimodalidade. Sabendo da importância disso que temos para a equalização da nossa matriz de transporte, colocando cada sistema de transporte, cada modal de transporte, onde ele é mais eficiente e onde ele dá melhor resultado de custo-benefício daquele investimento para o país”. (Repórter) Para o deputado Pedro Uczai, do PT catarinense, é preciso retomar as ferrovias como estratégia de crescimento econômico. (Pedro Uczai) “Ferrovia é um transporte mais barato, mais seguro, ambientalmente mais sustentável, atrai investimento por onde passa, e permite melhorar as condições rodoviárias. Portanto, ferrovia tem que ser sempre uma estratégia de desenvolvimento brasileiro”. (Repórter) Ao informar que, no ano passado, o gasto total do governo nas rodovias foi de quase 32% menos do feito há dez anos só em manutenção, o senador Wellington Fagundes, do PL de Mato Grosso, que pediu a homenagem, disse que o Dnit enfrenta a pior situação orçamentária de sua história. E lembrou que o país precisa voltar a crescer após a pandemia. (Wellington Fagundes) “Esse largo momento de crise sanitária, com certeza irá passar. Por isso, precisamos também nos preparar para o pós-pandemia. E se quisermos segurança, rapidez e viabilidade para essa retomada, só há um caminho: investir maciçamente na nossa infraestrutura”. (Repórter) O diretor do Dnit, Antônio Leite, confirmou as restrições orçamentárias, mas disse que o Congresso Nacional tem apoiado os investimentos. (Antônio Leite) “Temos conseguido diminuir esse problema com recursos oriundos de emendas. O Dnit se fará presente, sempre pronto, reconhecido como a casa da engenharia dos transportes e com o nosso compromisso de seguir abrindo caminhos, ligando pessoas e conectando o Brasil”. (Repórter) A sessão de homenagens contou com a presença do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, bem como de parlamentares, representantes do governo e da iniciativa privada. - RQS 1.539/2021

Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00