Terceira fase do Pronampe é aprovada pela Câmara dos Deputados — Rádio Senado
Economia

Terceira fase do Pronampe é aprovada pela Câmara dos Deputados

A terceira fase do Programa de Apoio às Micro e Pequenas Empresas é aprovada pela Câmara dos Deputados. O texto havia saído do Senado em novembro. A expectativa dos parlamentares é que novo Pronampe seja sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda nesta semana. As informações com a repórter Raquel Teixeira, da Rádio Senado.

23/12/2020, 15h09 - ATUALIZADO EM 23/12/2020, 15h09
Duração de áudio: 01:36
Foto: stockphotos/diretos reservados

Transcrição
LOC: TERCEIRA FASE DO PROGRAMA DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS É APROVADA PELA CÂMARA DOS DEPUTADOS. LOC: EXPECTATIVA DOS PARLAMENTARES É QUE NOVO PRONAMPE SEJA SANCIONADO PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA AINDA NESTA SEMANA. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. (Repórter) Serão mais R$ 10 bilhões de reais que podem servir para pagamento de funcionários, contas de luz e água, aluguel e compra de mercadorias, por exemplo. O dinheiro ainda pode ser utilizado para investimento em novos equipamentos ou reformas. A relatora do programa no Senado, Kátia Abreu, do PP do Tocantins, explica que a ideia é seguir os mesmos moldes das etapas anteriores. (Kátia Abreu) nós já fizemos duas parciais de Pronampe: uma de R$16 bilhões, depois outra de R$12 bilhões, juros de Selic mais 1,25%, 6 meses de carência, 36 meses para pagar, poderia haver a adesão das micro e pequenas empresas com faturamento até 30% do ano anterior. Essa terceira tranche, vamos continuar com os mesmos moldes. (Repórter) O autor do projeto, senador Jorginho Mello, do PL de Santa Catarina, afirma que a intenção é ajudar a maior quantidade de empresários possível. (Jorginho Mello) Nós temos 7,5 milhões de micro e pequenas empresas no Brasil. Nós conseguimos atender até agora 470 mil empresas. Atendemos muito pouco. Então, a preocupação nossa sempre foi ampliar a base da pirâmide, emprestando mais recurso para o micro e pequeno empresário. (Repórter) Nas duas primeiras fases, o Pronampe disponibilizou mais de R$ 30 bilhões de reais em créditos para empresas de pequeno porte, com taxa Selic e juros anuais de 1,25%, e 36 meses para pagar.

Ao vivo
00:0000:00