Tasso Jereissati acredita que renda básica está próxima de sair do papel — Rádio Senado
Debate

Tasso Jereissati acredita que renda básica está próxima de sair do papel

Senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) acredita que o país está se convencendo da necessidade de um programa de renda básica. Ele mediou um debate promovido pela Rede Brasileira de Renda Básica, que reuniu economistas e parlamentares. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.

09/11/2020, 13h22 - ATUALIZADO EM 09/11/2020, 13h27
Duração de áudio: 02:30
Foto: Pedro França/Agência Senado

Transcrição
LOC: SENADOR TASSO JEREISSATI ACREDITA QUE PAÍS ESTÁ SE CONVENCENDO DA NECESSIDADE DE UM PROGRAMA DE RENDA BÁSICA. LOC: ELE MEDIOU UM DEBATE PROMOVIDO PELA REDE BRASILEIRA DE RENDA BÁSICA, QUE REUNIU ECONOMISTAS E PARLAMENTARES. REPÓRTER BRUNO LOURENÇO. (Repórter) A economista Laura Carvalho, da USP, defendeu que o caminho mais adequado para financiar programas de transferência seria taxar os mais ricos. Mas alerta que o teto de gastos é um empecilho. (Laura Carvalho) Hoje, no seu desenho atual, impede alternativas como essa que eu acabei de propor, a tributação maior na renda para a transferência para a base da pirâmide é algo que hoje é limitado pelo desenho do teto. Que não abre espaço algum para aumentar as transferências de renda mesmo que a gente arrecade mais. (Repórter) Já o economista Fernado Veloso, da Fundação Getúlio Vargas, lembrou que o teto é a única âncora fiscal no momento. Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, criticou o atual limite de despesas do governo, mas concordou que é preciso voltar com algum programa de metas primárias para evitar o descontrole nas contas públicas. (Armínio Fraga) Acho que estamos desancorados. O teto tem outros papéis, outras funções, tem a ver com tamanho do estado, eficiência, do Estado, e tudo tem que ser discutido. Mas tá fazendo muita falta. Porque não adianta zerar o saldo primário em 5 anos. Temos que voltar a uma âncora fiscal mais completa. (Repórter) O consultor do Senado, Pedro Nery, pediu mais ênfase em programas de renda para as crianças e o economista Ricardo Henriques ressaltou que imaginar que a renda básica seria uma evolução do auxílio emergencial seria deturpar os conceitos da ideia. Tasso Jereissati, senador do PSDB do Ceará, que mediou o debate promovido pela Rede Brasileira de Renda Básica, acredita que o país está se convencendo da necessidade dessa medida. (Tasso Jereissati) Divergências, além de poucas são menos substanciais. Estamos prontos para caminhar não só do ponto de vista da academia, da política, em direção a uma proposta não unânime mas bastante consensuada entre os vários atores da sociedade. (Repórter) Também participaram do encontro virtual os deputados Marcelo Freixo, do PSOL do Rio de Janeiro, Tabata Amaral, do PDT de São Paulo, e o ex-senador e vereador pelo PT de São Paulo, Eduardo Suplicy. PL 873/2020 PL 2742/2020 PEC 186/2019

Ao vivo
00:0000:00