Senadores e deputados vão debater possível mudança de data das eleições municipais — Rádio Senado
Eleições 2020

Senadores e deputados vão debater possível mudança de data das eleições municipais

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou que o Congresso irá discutir a adiamento das eleições municipais de outubro. Será criada uma comissão mista ou um grupo de trabalho para tratar do assunto. A decisão foi tomada depois de uma conversa entre Davi, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e o futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso. Todos manifestaram preocupação com o cenário de incertezas diante da pandemia do novo coronavírus. Mas a saída passa por uma ação do Poder Legislativo, como enfatizou Davi Alcolumbre. As informações na reportagem de Maurício de Santi, da Rádio Senado.

19/05/2020, 18h33 - ATUALIZADO EM 13/10/2020, 18h59
Duração de áudio: 01:42
Tribunal Regional Eleitoral do DF inicia a Lacração das urnas eletrônicas a serem utilizadas no Distrito Federal nas Eleições Gerais de 2014 
- Assuntos: TRE-DF, lacração, urnas, Eleição 2014
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Transcrição
LOC: O PRESIDENTE DO CONGRESSO NACIONAL CONFIRMOU QUE O ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS DE OUTUBRO SERÁ DISCUTIDO POR SENADORES E DEPUTADOS. LOC: SEGUNDO DAVI ALCOLUMBRE, SERÁ CRIADA UMA COMISSÃO MISTA OU UM GRUPO DE TRABALHO PARA TRATAR DO ASSUNTO. REPÓRTER MAURÍCIO DE SANTI: TÉC: A decisão foi tomada depois de uma conversa entre os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e do futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso. Todos manifestaram preocupação com o cenário de incertezas diante da pandemia do novo coronavírus. Mas a saída passa por uma ação do Poder Legislativo, como enfatizou Davi Alcolumbre: (DAVI): Qualquer alteração, qualquer mudança nesse processo todo tem que ser feita com a participação do parlamento brasileiro. Então, isso é um sinal de respeito às instituições. (REP): O primeiro turno das eleições está marcado para 4 de outubro e o segundo turno, nas cidades em que ele eventualmente acontecer, será no dia 25 do mesmo mês. A mudança de data não vai levar à prorrogação dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores. Ou seja, o pleito terá que acontecer até o final do ano. Davi Alcolumbre lembrou que todas as preocupações e cenários serão levados em consideração antes de uma decisão: (DAVI): Todas as causas, consequências, preocupações, esse será um ambiente muito produtivo, de muito debate, muita construção. Será feito a várias mãos. Esse caminho de saída para que a democracia seja fortalecida, saia fortalecida do processo, mas ao mesmo tempo tendo os cuidados necessários para que a gente possa preservar a vida das pessoas, dos brasileiros. (REP): O presidente do Senado disse que o fórum de discussão será formado por deputados e senadores, mas ainda não foi definido o melhor formato, se um grupo de trabalho ou uma comissão mista, nem a quantidade de integrantes. Tudo isso será definido nos próximos dias. Da Rádio Senado, Maurício de Santi.

Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00