Comissão aprova créditos de mais de R$ 1,4 bi para o Executivo — Rádio Senado

Comissão aprova créditos de mais de R$ 1,4 bi para o Executivo

LOC: A COMISSÃO MISTA DE ORÇAMENTO DO CONGRESSO NACIONAL APROVOU SETE PROJETOS DE CRÉDITOS PARA O EXECUTIVO NA NOITE DESTA QUARTA-FEIRA.  

LOC: ELES TOTALIZAM MAIS DE UM BILHÃO E QUATROCENTOS MILHÕES DE REAIS E SE DESTINAM A AÇÕES DE SETE MINISTÉRIOS. O REPÓRTER ROGÉRIO DY LA FUENTE ACOMPANHOU A REUNIÃO E TEM OS DETALHES. 

TÉC: A comissão mista de planos e orçamentos públicos tentou fazer duas reuniões nesta quarta-feira antes de conseguir votar. Às duas da tarde não houve quórum na representação do Senado Federal e, às seis da tarde, tanto o plenário do Senado, quanto o da Câmara dos Deputados estavam em votação, impedindo reuniões de comissões. Nova tentativa foi feita a partir das sete horas e quarenta minutos, quando um acordo entre os líderes dos partidos de oposição e da base de apoio ao governo permitiu a votação de sete projetos de lei de liberação de créditos, um relatório de admissibilidade de emendas ao Orçamento e um requerimento. Entre os créditos aprovados está o projeto de lei do Congresso Nacional número 33, que libera um bilhão e novecentos e noventa e três milhões de reais para os ministérios da Previdência, do Desenvolvimento Social e do Trabalho utilizarem em programas como a abertura de postos do INSS, no bolsa-família e no programa de alimentação do trabalhador. A intenção do presidente da comissão, senador Vital do Rêgo, era esgotar a pauta de votações que tinha 32 itens, mas não foi possível. O senador do PMDB da Paraíba explica a dinâmica que tem dominado os trabalhos da C-M-O.

(SENADOR VITAL DO RÊGO): Quando você não chega ao consenso, você parte pra voto. Mas os instrumentos de obstrução que existem são tão fortes que você não tem resultado prático. Então a gente constrói um acordo e esse acordo avança com votações como aconteceram agora de projetos de lei importantes que removem e abrem dotações orçamentárias existentes e necessárias para serem implantadas.

 (REPÓRTER): Na pauta de votações da CMO ficaram ainda seis projetos de lei que abrem créditos para ministérios como os da Educação, Fazenda, Comunicações e Agricultura. A sessão da Comissão de Orçamento foi suspensa para ser retomada a partir das 9 e meia da manhã desta quinta-feira.
16/11/2011, 08h00 - ATUALIZADO EM 16/11/2011, 08h00
Duração de áudio: 01:47
Ao vivo
00:0000:00