Pandemia

Projetos garantem acesso à internet para estudantes da rede pública

02:18Projetos garantem acesso à internet para estudantes da rede pública

Transcrição LOC: A PANDEMIA DA COVID-19 E O ENSINO À DISTÂNCIA EVIDENCIARAM AS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELOS ESTUDANTES E PROFESSORES DA REDE PÚBLICA. LOC: COM O OBJETIVO DE CORRIGIR ESSA DESIGULDADE, SENADORES APRESENTARAM PROPOSTAS QUE BUSCAM GARANTIR O ACESSO À INTERNET PARA ESSES ESTUDANTES DURANTE A PANDEMIA. A REPORTAGEM É DE LARA KINUE: TÉC: A pandemia da covid-19 evidenciou os contrastes entre a educação pública e privada no país. Uma pesquisa do Centro Regional de Estudos para Desenvolvimento da Sociedade da Informação estima que 30% dos estudantes da rede pública não têm acesso à internet e 40% não possui computadores ou tablets. Visando diminuir essa desigualdade, alguns senadores apresentaram projetos que garantem o acesso à internet para esses alunos. O senador Paulo Paim, do PT gaúcho, por exemplo, quer criar o Auxílio-Conexão, que garante, durante a vigência de calamidade pública, o pagamento de um valor mensal para custeio de planos de internet. Paim defendeu que o projeto ampara os jovens carentes e reduz as desigualdades. (Paulo Paim) Estimamos que cinco milhões de família tem uma ou mais crianças impedidas de assistirem aulas por falta de equipamentos e internet em casa. Isso sem dúvida aumentará a defasagem entre alunos de escolas públicas e privadas. Por isso, entendemos que esse projeto é fundamental, necessário e urgente. (REP) Já o senador Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, apresentou um projeto que cria o Programa Bolsa Internet, que garante um subsídio permanente às famílias em situação de vulnerabilidade. Kajuru destacou que o período de isolamento evidenciou a importância da internet para o ensino. (Jorge Kajuru) Com a suspensão das aulas presenciais, ficou evidente o papel do acesso a internet na continuidade das atividades de ensino. O ensino a distância deixou de ser uma forma complementar de educação e passou a ser o principal meio de realização das atividades escolares. Para tanto, é fundamental que os alunos tenham à sua disposição uma robusta infraestrutura de conexão à internet. (REP): Outros dois projetos sobre o assunto estão em discussão na Casa, um do senador Confúcio Moura, do MDB de Rondônia, que cria uma linha de crédito para a aquisição de computadores para estudantes da rede pública durante a pandemia, e outro do senador Dário Berger, do MDB catarinense, que trata da gratuidade no acesso a aplicações de ensino à distância por meio de conexões fixas e móveis de banda larga nesse período. Com supervisão de Maurício de Santi, da Rádio Senado, Lara Kinue.

A educação sofreu grande impacto com a pandemia do novo coronavírus. Com a determinação da quarentena e do isolamento social, as escolas tiveram de adaptar suas aulas para o modelo de ensino à distância (EAD). No entanto, muitos estudantes da rede pública encontraram dificuldades de se adequar ao novo modelo devido à falta de equipamentos e internet em casa. Frente a esta realidade, senadores apresentaram projetos de lei que buscam assegurar o acesso à internet para esses alunos durante a pandemia. A reportagem é de Lara Kinue.

PL 2.775/2020

PL 3.462/2020

PL 3.466/2020

PL 3.491/2020

TÓPICOS:
Banda larga  Cidadania  Coronavírus  covid-19  Crédito  Desenvolvimento  Educação  Escolas  Família  Goiás  Infraestrutura  MDB  pandemia  Pandemia da covid-19  Professores  PT  Rede  Regional  Rondônia  Senador Confúcio Moura  Senador Dário Berger  Senador Jorge Kajuru  Senador Paulo Paim  Internet 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo