Comissão Covid-19

Ministro da Educação defende volta imediata às aulas

02:30Ministro da Educação defende volta imediata às aulas

Transcrição LOC: O MINISTRO DA EDUCAÇÃO DISSE À COMISSÃO DA COVID-19 QUE, POR ELE, O RETORNO DAS AULAS JÁ SERIA AMANHÃ. LOC: EM SUA PRIMEIRA AUDIÊNCIA PÚBLICA DESDE A POSSE EM JULHO, MILTON RIBEIRO AFIRMOU SER UM CONSERVADOR MAS ABERTO A OUVIR OPINIÕES DIFERENTES. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) O ministro da Educação, Milton Ribeiro, informou que o MEC está preparando um protocolo de biossegurança para a volta às aulas. A decisão, no entanto, cabe aos estados e municípios, como lembrou o ministro. (Milton Ribeiro) Se dependesse de mim, retornava amanhã. Mas temos os riscos. Qual é a questão? Que o MEC não tem esse poder. Então se alguém quer saber a opinião do ministro é essa. Considerando ainda a questão de segurança. Nós não podemos colocar em risco s crianças e adolescentes e também os jovens das universidades. (Repórter) Segundo Milton, o MEC destinou 500 milhões de reais para a compra de itens de higiene e contratação de serviços de desinfecção de ambientes, além de pequenos reparos para adaptar as salas de aula e ampliar a segurança sanitária. O dinheiro será depositado diretamente na conta das escolas. Essa foi a primeira vez que o ministro foi ao Congresso Nacional desde a posse em julho. Ele informou que vem recebendo críticas por atender o que chamou de “espectros ideológicos diferentes”, mas assegurou que gosta de ouvir a todos, embora se defina como um conservador. (Milton Ribeiro) Se quiserem me rotular como de direita eu sou, mas como sou oriundo da universidade eu não acredito que sou dono da verdade. O que quero é dar oportunidade para pessoas que tenham visão diferente da minha posso ouvi-los e dar a eles a oportunidade de também opinarem. (Repórter) A senadora Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão, lamentou o corte anunciado nesta quinta-feira de um bilhão e seiscentos milhões de reais na educação para financiar o Pró-Brasil, o programa de obras do governo. (Eliziane Gama) O impacto maior será exatamente na área da educação. A previsão de corte chega a pelo menos 80% do orçamento na área de desenvolvimento da educação, uma ação muito importante do Ministério da Educação. Quais ações que o ministério estará fazendo para fazer a compensação desta perda? (Repórter) Milton Ribeiro informou que foi pessoalmente ao Palácio do Planalto tentar reverter o corte na Educação, mas a decisão já estava encaminhada e o dinheiro servirá para atender emendas apresentadas pelos parlamentares.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, participou nesta quinta-feira (17) de uma reunião na comissão mista que acompanha as ações do governo relacionadas ao coronavírus. Ele é favorável à volta imediata às aulas, embora o MEC não tenha competência para determinar esse retorno em todo território nacional. O ministério prepara protocolos de biossegurança e uma transferência de 500 milhões de reais para a compra de itens de higiene e de desinfecção das salas de aula. A reportagem é de Marcella Cunha.

TÓPICOS:
Adolescentes  Cidadania  Congresso Nacional  covid-19  Desenvolvimento  Educação  Escolas  Estados  Maranhão  Ministério da Educação  Municípios  Orçamento  Podemos  Segurança  Senadora Eliziane Gama  Coronavírus 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo