Social

Evento no Senado comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down

01:46Evento no Senado comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down

Transcrição LOC: O SENADO CELEBROU NESTA QUINTA-FEIRA O DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN. LOC: O EVENTO “NINGUÉM FICA PARA TRÁS” CONTOU COM DEBATES E APRESENTAÇÕES PARA CONSCIENTIZAR A SOCIEDADE, COMBATER O PRECONCEITO, E ASSEGURAR OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DOWN. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Repórter) No Dia Internacional da Síndrome de Down, Welirson Rodrigues, de 34 anos, aluno da APAE em Brasília, ganhou o dia. Com o grupo de teatro “Conexão Arte da Diferença” ele encarou um auditório cheio e saiu de cena aplaudido após dar o seu recado. (Welirson Rodrigues) “Apresentar para o público é muito mais importante. O teatro é curtir, falar sobre os sentimentos, sobre o espírito de luta dos meninos, a nossa vida, o nosso projeto” (Repórter) A apresentação fez parte do evento “Ninguém fica para trás”, organizado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. O presidente do Colegiado, senador Romário, do Podemos do Rio de Janeiro, que tem uma filha com Down, disse que a comemoração com debates, exposições, mostras e homenagens busca marcar a data, conscientizar a sociedade, combater o preconceito e assegurar os direitos das pessoas com síndrome de Down. (Romário) “A luta constante para que vocês tenham sempre os seu direitos, para que vocês possam sempre poder fazer o que vocês realmente querem fazer e podem fazer. O tema do evento de hoje é “Ninguém mais fica pra trás” E essa realmente é a grande verdade. Ninguém pode ficar pra trás, muito menos quem tem síndrome de Down” (Repórter) O Dia Internacional da Síndrome de Down é comemorado anualmente em 21 de março. A data reconhecida pela ONU foi escolhida porque as pessoas com a alteração genética têm três cromossomos no par 21.

A Comissão de Assuntos Sociais celebrou nesta quinta-feira o Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado anualmente em 21 de março. O presidente da CAS, senador Romário (Pode-RJ) explicou que o evento “Ninguém fica para trás” contou com debates, mostras, apresentações artísticas e homenagens para conscientizar a sociedade, combater o preconceito e assegurar os direitos das pessoas com Down. A reportagem é de George Rodrigues Cardim, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Arte  Brasília  Comissão de Assuntos Sociais  ONU  Podemos  Rio de Janeiro  Síndrome de Down  Senador Romário  CAS 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo