Audiência pública

CAS vai debater demissões em massa com empresários

02:00CAS vai debater demissões em massa com empresários

Transcrição LOC: A COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS VAI DEBATER COM EMPRESÁRIOS A DEMISSÃO EM MASSA, COMO A ANUNCIADA PELA EMPRESA PIRELLI, QUE VAI DEMITIR 900 TRABALHADORES NO RIO GRANDE DO SUL. LOC: A AUDIÊNCIA PÚBLICA VAI ABORDAR O PROJETO QUE PROÍBE ESSAS DISPENSAS DE EMPREGADOS SEM QUE HAJA ACORDO COLETIVO. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. (Repórter) O projeto de lei exige acordo ou convenção coletiva de trabalho para que o empresário demita grande número de trabalhadores de uma só vez. Mas na avaliação da senadora Soraya Thronicke, do PSL de Mato Grosso do Sul, a proposta dificulta a atuação das empresas. Por isso, pediu a audiência para discutir o assunto. (Soraya Thronicke) “As relações de emprego, de trabalho, foram flexibilizadas para que a gente possa crescer, para que o empresário tenha mais liberdade para investir. Ele não pode demitir quem ele quer? Cadê a liberdade? Vamos chamar os empresários e perguntar qual é o problema de uma demissão. Tem que ter liberdade para demitir, infelizmente, no Brasil, não tem condições”. (Repórter) Convenção da Organização Internacional do Trabalho condena demissão injustificada e coletiva, sem consulta prévia à entidade representativa dos trabalhadores. A intenção do projeto, disse a autora, senadora Rose de Freitas, do Podemos do Espírito Santo, é minimizar os impactos na vida das famílias e na economia local. (Rose de Freitas) “Não é suspender a demissão. É dialogar sobre ela. É a sentada na mesa para dialogar e aí, que sabe, encontrar uma maneira que possa proteger o interesse do trabalhador e da própria empresa, mas sem essa coisa drástica, essa ruptura, que é cruel, no meu entendimento. A partir do momento que fecha uma fábrica todo o seu entorno as consequências que têm, mas pensa numa família”. (Repórter) O relator, senador Paulo Paim, do PT gaúcho, defendeu a negociação em demissões coletivas. (Paulo Paim) “Vamos pensar mil trabalhadores, dois mil, três mil. Que se chame as partes para tentar achar uma mediação. Sempre foi feito assim e sempre deu certo. Agora, poderá se fazer; chega mil trabalhadores numa empresa, porta fechada, todos no olho da rua e não discute coisa nenhuma por que houve aquela demissão. Mas isso nós vamos aprofundar na audiência pública”. (Repórter) A data e o nome dos convidados para o debate ainda serão confirmados pela Comissão. PLS 132/2018

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) vai discutir em audiência pública com empresários a demissão em massa. O debate foi requerido pela senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) para instruir o projeto de lei que condiciona as demissões de grande número de trabalhadores a acordo ou convenção coletiva de trabalho (PLS 132/20108). Para ela, o empresário precisa ter liberdade para demitir. A autora da proposta, senadora Rose de Freitas (PODE-ES) considera a demissão coletiva cruel para as famílias e para a economia local. A data e o nome dos convidados serão confirmados pela CAS. Reportagem, Iara Farias Borges.

TÓPICOS:
Comissão de Assuntos Sociais  Economia  Emprego  Empresas  Entorno  Espírito Santo  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  Podemos  PSL  PT  Rio Grande do Sul  Senador Paulo Paim  Senadora Rose de Freitas  Senadora Soraya Thronicke  Trabalho  CAS 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11