Cidadania

20/11/2020

132 anos depois da Lei Áurea, sociedade brasileira ainda guarda resquícios da escravidão

O Senador Paulo Paim (PT-RS) e a professora de Sociologia da USP Ângela Alonso debatem sobre os legados deixados pelo regime escravocrata no Brasil. Apesar de já ter passado 132 anos da Lei Áurea, o país ainda convive com uma política de descriminação racial. O Estatuto da Igualdade Racial foi promulgado há dez anos, mas população negra ainda sofre com descriminação e preconceito.      

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211