Argumento

04/12/2019

Congresso barra retorno da propaganda partidária fora do período eleitoral.

Por apenas dois votos, o Congresso Nacional decidiu manter o veto do presidente à propaganda partidária que é feita  ao longo do ano. Eduardo Girão explica que se o veto tivesse sido derrubado, TVs e rádios teriam isenção fiscal de 460 milhões de reais para veicular a publicidade dos partidos.

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11