Agenda Econômica

28/10/2020

Proposta do governo para reforma administrativa fragiliza Estado brasileiro, avalia Humberto Costa

O Congresso Nacional recebeu a reforma administrativa pretendida pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 3 de setembro. A proposta acaba com o regime atual de contratação de servidores públicos e retira da Constituição Federal a estabilidade de boa parte dos novos servidores. Para o senador Humberto Costa (PT-PE), essa proposta de reforma fragiliza a estrutura do Estado brasileiro com a contratação de funcionários por indicação e abre espaço para a perseguição política. 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211